sábado, 3 de maio de 2008

A pista do guaraná

Veja Reveja mais uma vez:





A pergunta é: você esbarra com gente assim na rua?

Pergunto porque eu só vejo MESMO pessoas como essas no Rio - isto é, coletivamente - na época do Tim Festival, e só mesmo lá na área do evento. Tenho certeza que todos que vão aos shows daqueles três dias ficam o resto do ano escondidos em algum subterrâneo da cidade, entretidos em festas que fazem para encher fotologs, só esperando o TimFa (meu singelo apelido para o festival) chegar. Um mundo eterno de prés, parties e afters.

E quando saem, exercem em mim o mesmo poder que esse comercial: fascínio, curiosidade e uma certa vergonha alheia pelo caricato demais.

Bom, pelo menos agora sei o que essa gente bebe. Ou não.

5 comentários:

kaka disse...

Aí no Rio é fácil ver esse pessoal na casa da matriz.
Aqui em Fortaleza também se vê, mas em menor numero e muito poucos lugares. Concoredo que causam curiosidade, e por querer tanto ser diferente acabam sendo caricatos.

rodrigo carvalho disse...

um bando de pau-no-cool
¬¬

Lola Fioretti disse...

Não sei se te entendi direito, vc está falando do visual das pessoas, né?
Não sei se é porque eu moro em SP e estou mais acostumada que não me causa estranheza.
Caricato mesmo pra mim é o povo q vai de tarde na galeria do rock. Vc vê um mar de cabelos tingidos de preto, franja nos olhos pintados de lapis (inclusive os meninos), calça skinny ...

Michelle Iglesias disse...

Coletivamente, nunca vi gente assim, mas trabalhei 1 ano e mantenho uma amizade de longa data com uma figura dessas, e podiscrê q é um cara muito divertido e surreal! rsrsrs
Abs!

Leonardo Martins Cavalcanti Furtado disse...

lol
Bem, vim aqui ler assim que soube
=D
Terminei ja de ler as primeiras páginas.
E sim, voce tambem nao se livrou de mim.
O blog ta demais.
Aqui se ve poucas pessoas deste tipo.
Porem, eu gostaria de ver. Decidi virar emo
o.O
rsrsrsrsrs
Flws.

Related Posts with Thumbnails