terça-feira, 29 de setembro de 2009

VITAMINA!: O FILME DE "FRIENDS"+OITAVO ELEMENTO CQC+AMY POEHLER DE LADY GAGA...

Bateu, virou, bebeu. Vambora:


ENFIM, O FILME DE "FRIENDS"! MAS POR QUE A DEMORA?

Foi uma bomba no sempre agitado mundo dos fãs de séries: depois de muitas negativas - por anos, anos e anos -, enfim o filme de "Friends" vai acontecer. Mas por que algo tão óbvio, a ponto de ser cogitado desde o fim da série, demorou tanto a sair do plano das ideias, sendo que os próprios atores tinham uma resistência inicial à possibilidade?





Algumas explicações me vêm à cabeça. Uma delas tem a ver com fama, lógico: fato é que nenhum dos seis teve exatamente uma carreira de sucesso proporcional ao que experimentaram na época em que bebiam café no Central Perk. A outra diz respeito a um certo pavor do pioneirismo, cogitando a possibilidade de o êxito do sexteto não se repetir nos cinemas - e aí, a experiência anterior e positiva de "Sex And The City" pode ter ajudado a afastar esse medo...

E vem também de "Sex And The City" o terceiro e fortíssimo motivo que imagino: grana, muita grana. E se considerarmos que, do grupo, apenas Jennifer Aniston teve algum êxito (para valer) em sua vida pós-"Friends", o peso dos dólares aumenta. E muito.

Mas no fundo não importa: que venha o filme! E, como todos já sabem, é em 2011.


OITAVO ELEMENTO "CQC": POLÊMICA...

É muito complicado. Vejam vocês: duas garotas talentosas se tornam finalistas de um concurso para virar integrante de um programa de comédia. O único fator que as distancia é a estampa: esquecendo juizo de valor e pensando somente nos padrões estéticos televisivos, uma é bem mais bonita do que a outra. O público vota, e a nem tão bonita ganha na enquete; mas quem acaba levando o microfone (e o terno, e os óculos escuros) de repórter é a mais bonita. E agora?

Agora que é foda. O caminho mais fácil é mesmo pensar que a bonita leva vantagem - afinal, isso acontece desde que o mundo é mundo; mas, por outro lado, o "caminho fácil" pode trazer uma grande injustiça - que também pode ser traduzida como "que culpa ela tem por sua aparência?".

Na verdade, bom mesmo é que a dúvida possa sempre existir, pois as duas eram boas. E é a dúvida que, pra mim, mata a questão: qualquer que fosse a escolha, a polêmica existiria.


AMY LADY POEHLER GAGA

Highlight da TV americana: Amy Poehler cantando "Pokerface", da Lady Gaga, na série "Parks & Recreation". Toma:





Pode clicar de novo que vale a pena.


A PROPOSTA DE CASAMENTO MAIS NERD DO MUNDO

Nas duas vezes em que fui à Comic-Con, voltei de lá convicto de que, na real, não conheço nenhum nerd. Claro que estou exagerando e falando de referenciais bem mais ortodoxos - representados por gente como Bernie Peng, 26 anos. Ele reprogramou o "BeJewelred" de sua namorada, Tammy Li, para que, ao atingir um determinado placar, aparecesse na tela do computador dela uma aliança de casamento...


(Via I Have Seen The Whole of Internet)

E eu pergunto: o mais nerd é Peng, que teve a ideia, ou Tammy, que precisava atingir um determinado placar para ver o anel? A resposta está com o noivo, que garantiu ter programado a surpresa para um escore baixo...


99 BALÕES MONSTRUOSOS


Jason Hackenwerth não bate muito bem. Ele é um artista novaiorquino especializado em fazer esculturas monstruosas de balões, como o que você vê ao lado. A técnica é simples: primeiro, ele enche todos os balões para depois então retorcê-los, criando coisas como o Alien Rainforest, nome de batismo da bizarra criaturinha inflável aí ao lado.

O maior dos seres pneumáticos já inventados por Hackenwerth é um bicho com nada menos do que 40 pés de comprimento. Muito estranho...

Visite agora o site dele e dê de cara com outro bicho esquisitaço, batizado de "Ecstasy of the Scarlet Princess" - em português, "Êxtase da Princesa Escarlate". Ok...

***

Ponto pra quem sacou a referência do título do texto sobre Hackenwerth: "99 Red Baloons", Nena. Trilha sonora ideal para o cara criar seus frankensteins...

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

"A NIGHTMARE ON ELM STREET": MAIS TERROR E MENOS ESPETÁCULO, POR FAVOR

Saiu o trailer de "A Nightmare On Elm Street" - mais um da infindável leva de remakes do cinema americano. Taí:





Eu achei esse trailer muito mais ou menos. Explico: se por um lado sugere que o novo Freddy Krueger será menos, err, irreverente do que o original, por outro revela que teremos um espetáculo de efeitos especiais - afinal, é produção de Michael Bay. E eu acho que os melhores filmes de terror são justamente os que priorizam o psicológico, pondo-o acima de qualquer hansdonnerice. Média 6. Será que passa? Só esperando 2010 pra saber.

TELAS MARVEL EM CASA



Para quem gosta (ou gostaria) de encher as paredes de casa com pôsteres de super-heróis, a empresa inglesa Surface View fez uma parceria com a Marvel e dispôs algumas belas imagens de seus quadrinhos em versão pôster. Há imagens do Capitão América, Homem-Aranha, Thor, X-Men...

Os preços não são nada doces - o do Capitão, por exemplo, que mede 80 x 120cm sai a 40 libras, cerca de R$130. Mesmo assim, com o Natal chegando, quem quiser dar um toque nerd à decoração de casa vale a pena gastar uma porção do 13º... e a dica veio da edição impressa da Wired - que, como sempre, tá bem legal.

***

Espirros adoidado, nariz vermelho, moleza no corpo... e um podcast adiado. Graças ao resfriado que me assaltou neste fim de semana, o pod do blog vai ficar para depois - meio da semana, acho. No entanto, posts seguem por aqui. Mais tarde tem mais - depois do Redoxon, claro.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

MASHUPS DE PÔSTERES DE FILMES: ESPETACULAR É POUCO

É bom demais para não postar. Uma galera da comunidade virtual B3ta topou o desafio lançado por um deles: criar mashups de pôsteres de filmes. AbaixoDois de meus favoritos:





Tem outros aqui - na verdade, uma porrada deles. Espetacular dica do Neatorama!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

A VOLTA DE "THE BIG BANG THEORY". HUM. MAS COM BARBAS!

Foi um episódio morno porém divertido - ou seria divertido porém morno? Fico com a primeira opção. Soa melhor. Mas mesmo tendo esperado mais da estreia da terceira temporada de "The Big Bang Theory", não dá para falar mal de um episódio que, de cara, nos mostra Leonard, Raj, Howard e Sheldon cabeludos e barbados...




"The Electric Can Opener Fluctuation" tem outros grandes momentos. E eu listei meus preferidos:


- NUNCA DURMAS TODO NU... - Para não morrerem de frio no Pólo Norte, os quatro amigos ignoraram solenemente um dos conselhos mais espetaculares de Bruno Aleixo. A piada foi ótima, mas os produtores perderam a chance de mostrar um dos flashbacks mais constrangedoramente divertidos da história dos seriados...

- O BIGODE DE HOWARD - Faz todo o sentido que ele fosse o único do quarteto a querer ter um bigode - e que o apelidasse de "Clooney". Mais legal foi a roupa que ele arrumou para a operação-resgate no Texas. Raj não perdoou, comparando Howard ao Woody de "Toy Story'. Hah!

Boa também foi a tentativa de emular sulista junto à mãe de Sheldon. Mais um pouco e rolava uma vaga de figurante pra ele em "True Blood" ou "Friday Night Lights"...

- ANTES DA REFEIÇÃO, A ORAÇÃO - Sheldon, de mãozinhas dadas com a mamãe, dizendo frases rimadas de uma prece? Excelente. Agora, a Sra. Cooper nos deve uma visita à Califórnia - nem que seja para ver a garota pela qual rezou para que aparecesse no caminho de Leonard!

***

É óbvio que Leonard e Penny não saberão agir como fuck buddies - e essa é a única perspectiva que se pode tirar desta terceira temporada a partir de sua estreia. Porém, a brincadeira só está começando, e está muito cedo pra se pôr as barbas - oops! - de molho. E em se tratando de "The Big Bang Theory", duvido de que precisemos fazer isso. Bem-vindos de volta, nerds!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

MAIS UM DOS FLAMING LIPS!

"Embryonic" é o nome do novo disco da banda de Wayne Coyne, e chega às lojas americanas em 13 de outubro. Antes, porém, o disco estará ainda esta semana em streaming no site do talk show "The Colbert Report" - em que eles andaram tocando, a propósito, como o Transbuddha me contou:


The Colbert ReportMon - Thurs 11:30pm / 10:30c
The Flaming Lips - Convinced of the Hex
www.colbertnation.com
Colbert Report Full EpisodesPolitical HumorHealth Care Protests



A verdade é que, mesmo sem "Convinced of the Hex" - a música acima - ser uma boa canção, a apresentação já fica interessante apenas pelo carisma da banda. Eles e nós merecíamos o retorno deles ao Brasil... ou pelo menos uma participação especial no Yo Gabba Gabba!

VITAMINA!: "DJ HERO"+EXPO DUNNY+ANIMAL MEMES+"PARANORMAL ACTIVITY"

Bebam sem engasgar:


PICAPES A POSTOS: "DJ HERO" VEM AÍ!


Mal "Guitar Hero 5" e "The Beatles: RockBand" saíram e você vai ter outro simulador de músico pra gastar seus suados e trocados dólares: no dia 17 de outubro é a vez de "DJ Hero" chegar às lojas! Se liguem só no controle da bagaça:





Bacana, né? Mais legal ainda é ver o trailer do game e imaginar como tudo funciona de verdade - sobretudo se você pode jogar como a dupla do Daft Punk!





Precinho da brincadeira: US$120. E tem pra PS3, PS2, XBox360 e... Wii. Ferrou.



ARTE SOBRE DUNNIES



Os Beast Brothers são uma dupla de artistas plásticos que amam toy art como eu, você e você. E eles são as grandes estrelas de uma exposição de Dunny na KidRobot Miami.




(Via Clutter Magazine)


A coelhada acima é apenas parte da mostra do duo - outras imagens podem ser conferidas neste Flickr aqui. Ah, e o orelhudo mais barato sai a US$500. Para bolsos mais abastados, ou consumidores mais generosos.


UMA SANTA CEIA SÓ DE MEMES...

...e no centro da mesa, como Jesus vemos o incansável Keyboard Cat:



(Via Popped Culture)


Curti as ilustres presenças do Dramatic Squirrel e do simpático mascote do "Every time you masturbate God kills a kitten".


"PARANORMAL ACTIVITY": UM NOVO "A BRUXA DE BLAIR"?



Uma câmera trêmula nas mãos e muito cagaço nas ideias. Esse é o mote de "Paranormal Activity", filme independente de terror que mostra um casal às voltas com um poltergeist em sua casa nova. Trailer pra quem tem cojones, indicado pelo Pop Culture Junk Mail:





Estreando em 24 de setembro lá fora. Aqui, sabe-se lá quando. Pode até ser formulaico, seguindo um passo-a-passo da lição deixada pelo ótimo "A Bruxa de Blair"... mas meu gosto por filmes de terror é mais forte do que eu.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

EMMY 2009: VENCEDORES, VENCIDOS E COMENTÁRIOS!

O programa da noite de domingo não podia ser outro: assistir ao Emmy 2009. Aqui no Rodanders teve a estreia do live blogging, com comentários e enquetes postados ao vivo - e, claro, com a participação dos leitores. Foi muito divertido. Valeu a experiência!

Para os que não acompanharam a premiação por aqui, seguem minhas observações, comentários, pareceres, pitacos etc. sobre os principais prêmios da noite. Lá vai:


- MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA: "MAD MEN"- Eu só tentei ver essa série uma vez - e dormi no sofá, nocauteado pela trama arrastada. A produção de arte é monstruosa, cenografia, figurino e trilha sonora impecáveis mas... não sei. Comigo não funcionou. É isso tudo mesmo?

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA: "30 ROCK"- Não há mais qualquer surpresa em ninguém. Já deixou de ser uma disputa: a cada ano, a única pergunta é: "Será que alguma série pode derrotar a de Tina Fey e cia.?". Há 3 anos a resposta é: não.

- MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE COMÉDIA: KRISTIN CHENOWETH, POR "PUSHING DAISIES" - Err. Não sei. Não via a série, mas o comentário geral é a de que foi merecido. Agora, alguém notou que Tina Fey ficou meio contrariada? Acho que ela esperava que iria entregar o prêmio para Amy Poehler...

- MELHOR ATRIZ DE COMÉDIA: TONI COLLETTE, POR "UNITED STATES OF TARA"- Abandonei a série no terceiro episódio, por pura falta de tempo; mas o papel de Tara foi talhado pra sua intérprete vencer premiações. E a competente Toni merecia mesmo.

- MELHOR ATOR COADJUVANTE DE COMÉDIA: JON CRYER, POR "TWO AND A HALF MEN"- A primeira zebra da noite... Ele é bem melhor do que Charlie Sheen, mas daí a vencer Rainn "Dwight Schrüte" Wilson vai uma longa distância...

- MELHOR ATOR DE COMÉDIA: ALEC BALDWIN, POR "30 ROCK"- Merecido? Sim. Mas é o novo Tony Shalhoub. Dá pra premiar outro?

- MELHOR ATOR COADJUVANTE DE SÉRIE DRAMÁTICA: MICHAEL EMERSON, POR "LOST" - Eu REALMENTE preciso dizer o quão feliz fiquei com esse prêmio? A justiça tardou, mas veio. Merecido ao cubo. Comemorei como se fosse um gol do Flamengo.

- MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE SÉRIE DRAMÁTICA: CHERRY JONES, POR "24 HORAS"- Uma das melhores coisas da última (e boa) temporada da série de Jack Bauer foi a presidente Allison Taylor, vivida por Cherry. Outra vitória justíssima...

- MELHOR ATRIZ DE SÉRIE DRAMÁTICA - GLENN CLOSE, POR "DAMAGES"- Glenn sempre entra pra ganhar. Muito previsível, mas não menos merecido por conta disso.

- MELHOR ATOR DE SÉRIE DRAMÁTICA - BRYAN CRANSTON, POR "BREAKING BAD" - Nunca vi um bloco de "Breaking Bad", mas o cara é bicampeão. Deve ser um monstro.

***

E pra vocês? Houve mais justiças, injustiças ou tudo foi equilibrado? Quais os destaques, zebras e erros da noite do Emmy? Comentem e respondam a enquete na coluna da direita!

domingo, 20 de setembro de 2009

RODANDO NO EMMY 2009 - COBERTURA AO VIVO!

Já está rolando o Emmy 2009! Acompanhem o live blogging do Rodanders abaixo e mandem suas perguntas por aqui ou pelo Twitter do Tudo Está Rodando - vou comentar também as melhores e mais divertidas observações de vocês. Divirtam-se!


EMMY 2009: HOJE TEM COBERTURA AO VIVO POR AQUI!

Chegou o dia: neste domingo, a partir das 21h, acontece a cerimônia do Emmy 2o09, o Oscar da TV; e este respeitável blog terá cobertura aaaaao vivo!

A brincadeira começa assim que a transmissão começar no Sony... Beleza? Vamos todos comentar todos os acontecimentos e, claro, torcer pelos nossos favoritos. Estejam convocados!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

"PRE-MAKES": VERSÕES DOS ANOS 50 PARA FILMES DE DÉCADAS POSTERIORES

Conhecem Whoiseyevan? Esse é o nickname - foi mal, ele não deu o nome - de um aspirante a diretor que usa o YouTube para uma coleção ainda pequena, mas promissora: versões anos 50 e em preto & branco de clássicos do cinema de outros tempos, que ele apropriadamente chama de "Pre-Makes".

Até agora ele fez três paródias: as de "Ghostbusters", "Caçadores da Arca Perdida" e "Forrest Gump". E a minha favorita é a primeira:



(Via Cynical-C)


Hoje de madrugada, Whoisevan postou nos comentários do vídeo de "Caçadores" que estão o bombardeando de pedidos para que ele faá um Pre-Make de "Star Wars": "Sem promessas, mas verei o que posso fazer", disse. Estarei atento, cara!

FAIXA A FAIXA: "TUDO O QUE ME VEM NA CABEÇA", MAÍSA


Quem tiver que chiar, tacar pedras, lamentar etc., que faça tudo isso, mas eu sou do grupo de pessoas que se divertem com Maísa - a apresentadora mirim que, segundo já andaram falando por aí, um dia trocou de cérebro com Mallu Magalhães, tornando-se essa precoce e adorável garota que arranca risadas do público e coleciona milhões de views de seus melhores momentos no YouTube.

Há coisa de semanas, ganhei de um camarada e ex-colega de redação um presente: o primeiro disco da Maísa. E na hora pensei: "vou fazer um 'Faixa a Faixa' com ele!". Prometido, cumprido... e sobrevivido. O resultado vocês conferem abaixo.


TUDO O QUE ME VEM NA CABEÇA - Como se pode prever, a letra é uma espécie de descrição musical de uma das características principais que fizeram a garota virar hit na TV e na internet. No aspecto musical, é um popzinho muito do safado.


ME LIGA - Essa é melhor. Maísa influenciada pelo rock dos anos 50! Melodia nada óbvia - acreditem - e ao mesmo tempo simpática... para uma garota de seis anos. E sim, não resistiram à tentação de pôr um toque de telefone a cada refrão.


Ô, TIO! - O dueto de Maísa com Roger - em música composta por ele - é o melhor momento do disco. A sonoridade remete a Ultraje e a letra é uma bola dentro: nela, a garota se mostra um suporte infantil de internet a um tio atrapalhado - o próprio Roger - com as maravilhas da informática. Versos como "Já te mostrei como entra na internet/não é possível que você não se conecte" e "Agora eu vou ter que limpar seu HD/Até no seu registro eu vou ter que mexer" soam bastante familiares a muito adulto.


EU SÓ QUERO UM XODÓ - Sabem quando a garotinha só era (des)conhecida como cantora do Raul Gil? Parece isso. Pode colocar... no stop, Maísa?


DANÇA E BALANÇA - A faixa tem uma peculiaridade que realmente chama a atenção: uns vocais estranhões de Maísa - Opa! Tô bêbada - em contraponto com o que é cantado, em que ela soa como a vocalista do Três Patinhos, fictícia banda de esganiçados dos anos 80 que tinham uns discos coloridos que todo mundo tinha na época e que chegou até a cantar Gretchen. Ou você pensa que as bizarrices infantis são coisa recente?


FLOR DO REGGAE - Maísa canta Ivete Sangalo. Com Ivete Sangalo. E não é reggae: é aquela música em que Ivete fala "como se fosse flor você me rega" - o que, como um amigo meu disse, passa a imagem mental de um golden shower inundando a cantora baiana. Eu tentei não pensar nisso ao ouvir Ivete e Maísa cantarem a frase juntas. Pulei logo depois dela. E por falar nisso...


PIPOCA PULA - Na música chataralha, Maísa bate o recorde mundial de número de vezes em que a palavra "pipoca" pode ser dita em 3m07s.


VOU FAZER PIRRAÇA - "Vou fazer promessa de joelhos pra esquecer você", canta Maísa em uma musiqueta de corno infantil com levada pop-sertaneja. Não é à toa que ela é acompanhada por Jorge & Matheus - Quem?!?


TEMPO DE MUDAR - Um libelo ecológico compartilhado por Maísa e Eliana. Vai virar clipe, e toscaço. Tive que passar batido rapidinho.


CIÚMES - De novo, Roger salva a parada. Como já era de se esperar, a versão para o clássico do Ultraje a Rigor é numa roupagem pop infantil pasteurizada; mas não dá pra não rir quando se ouve uma pirralha cantar "Deixar o meu menininho/Sair sozinho". E se ela canta no singular, e se o nome da música originalmente é no singular, por que ganhou o plural?


SE EU QUISER VOAR (WHAT IF I?) - Pelo encarte, é uma versão em português de algo que eu ignoro redondamente. Não importa: é chatinha também. Melhora faltando uns 3 segundos para o final, quando Maísa faz um vocal que lembra o inesquecível momento em que ela discute no programa com um menino, dizendo que era cantora antes de ir para o SBT.


BOM DIA - "Bom dia, bom dia, bom dia/Hoje eu estou tão feliz"- eu já ouvi isso na vida, mas não sei onde. A versão também não ficou boa, Maísa.


BOMBOU A FESTA - Maísa groovy? Quase isso. E ela até se arrisca num rap! Essa merece um clipe, só pra ver a dancinha bizarra que ela vai arranjar. De ruim, a repetição do refrão a cada verso; mas como é música para crianças, isso passa...


O MEU QUINTAL - A melodia contribui bastante para que Maísa derrape na afinação - algo como se ela encarnasse uma versão infantil de Sônia Rocha. Tem climão de fim de disco mesmo, lembrando até algumas baladas menos inspiradas de Herbert Vianna. Sério.


NOTA FINAL: 6,6 - O primeiro CD de Maísa deve agradar as crianças e tem momentos divertidos para os adultos que já choraram de rir com ela na TV e na internet, mas é só. Com uma produção mais bacaninha, que a levasse a se arriscar noutros gêneros musicais, a coisa ficaria bem melhor; mas faltou habilidade - habilidade - habilidade... Fica pra próxima. Ou não.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

"TRUE BLOOD", EPISÓDIO FINAL DA SEGUNDA TEMPORADA: UMA COMÉDIA DE ERROS

A relação que temos com as séries é bem peculiar. Quando nos apegamos a uma, é como se torcêssemos por ela. De vez em quando, de forma passional, supervalorizamos acertos e fazemos vista grossa para derrapagens. Tudo isso em nome do que gostamos. Bom, ao menos essa é a minha relação com seriados.

Mesmo assim, há episódios que conseguem bloquear - ou desanuviar - qualquer cegueira, tamanha é a quantidade de erros que possuem. E infelizmente o final da segunda temporada de "True Blood" tornou-se para mim um símbolo de como um episódio ruim pode se tornar um verdadeiro atentado a uma ótima série - e eu nem sei por onde começar a falar de seus problemas...

Vamos lá. Acho que posso começar com o grande erro que se revelou em Maryann, uma personagem que foi infinitamente melhor em suas promessas e mistérios do que na sua revelação. Se no começo da temporada o enigma que ela representava era realmente intrigante, na segunda metade dela tudo se transformou num enredo trash de desfecho inacreditavelmente infeliz. Mesmo relevando a besteirada que se tornou a transformação de todos em olhos negros - recurso que poderia ser amedrontador mas que acabou desgastado -, não deu pra levar a sério a insanidade da personagem, agindo como idiota em vestido de noiva e mandando Sookie lamber ovo de avestruz. Eu juro que tentei, mas não deu.

O adeus de Maryann e o plano que a vitimou também foram jogados demais, largados de qualquer jeito. Bill pedindo pra Sookie usar seu dom, e tudo o que ela faz é derrubar um totem de carne e frutas? Putz. E se a ideia de Bill e Sam era a de que o dono do Merlotte's se transformasse em um touro para enganar a mênade, de onde Sam tirou o touro que usou para se transformar em um? E mesmo deixando isso tudo para lá, o que dizer da óbvia confirmação de que o bicho era ele? Tava muito na cara - assim como a explicação sobre a recuperação dele. Outra obviedade é deduzir que o sequestrador de Bill é Eric - ou ninguém mais reparou que as luvas de couro usadas pelo bandido serviram na verdade para proteger o vampiro nórdico da prata? Bah. Todo mundo reparou, claro.





E tem mais: o que foi Sookie querendo dormir em sua casa, toda depredada, cheia de galhos e sabe-se lá mais o quê depois de uma noite daquelas? Não era pra ela só pisar ali depois de todos os vestígios de Maryann terem desaparecido? Pior(es) ainda foi/foram o(s) dia(s) seguinte(s) à tragédia: Sookie indo dançar com Bill sem qualquer problema, e surtando diante de seu pedido de casamento, Eggs indo desabafar com Andy sem antes ter recorrido à Tara e tomando um tiro de Jason, que inexplicavelmente ainda estava armado, Hoyt ficando revoltado com a mãe num timing errado...

Vejam bem: e isso tudo porque estou mencionando só os "destinos", deixando os "caminhos" - ou seja, o "durante" deste episódio final - de fora. Para ser mais bonzinho, posso citar a presença da Rainha - vivida com carisma, beleza e um quê de Juliette Lewis por Evan Rachel Wood - e as teorias da conspiração sobre Maryann como bons pontos da história. E tem ainda o melhor gancho apresentado neste fim de temporada para a próxima: a busca de Sam a respeito de suas origens. Sim, porque há tempos sabemos que o envolvimento de Eric por Sookie é papo para a nova fase da série; e porque a reviravolta de comportamento de Jessica foi prejudicada pela forma abrupta com que foi mostrada.

Usando a benevolência por conta do carinho que tenho com a série, acho melhor considerar que o verdadeiro fim de temporada aconteceu com a trama da guerra entre os Newlin e os vampiros - na verdade, a grande história deste segundo ano de "True Blood". Pensando de forma ainda mais específica, bom é imaginar os créditos finais deste ano rolando logo após a cena de Godric e Sookie na despedida do vampiro, que foi disparada a melhor deste ano. Eu juro que, se pudesse, teria usado um par de olhos pretos a partir dali, acordando somente a partir da cena de Sam e de seus pais adotivos. Mas já que isso é impossível e que Alan Ball não pode retomar a trama dali, que se inspire na sequência do adeus de Godric para fazer da terceira temporada uma retomada do que há de melhor no universo que construiu com Charlaine Harris por estes dois anos. Se ele precisar de tempo pra isso, é certo que a imensa torcida de "True Blood" pode esperar.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

VITAMINA!: O VMA BIZARRO+TRAILER DO FILME DE JACKO+IGGY POP LEGO+TOY ARTS GIGANTES+PATRICK SWAYZE...

O post tradicional de assuntos variados de cada terça chegou mais tarde, mas chegou!


TEVE DE TUDO NO VMA...

Ainda tem gente (além de mim) falando da cerimônia do Video Music Awards, a tradicional premiação da MTV americana aos melhores (?) da música no período 2008-2009. E se há um símbolo feminino do que foi a noite da festa, ocorrida no domingo, foi Lady Gaga. Além de uma performance meio, hum, peculiar - que me fez achá-la uma irmã gostosinha do Marylin Manson e esquecer a ideia de que ela pudesse ser hermafrodita -, a mulher ainda pisa no palco para pegar sua estatueta vestida com a roupa ao lado. Björk não faria melhor.

Além da apresentação da Gaga, ainda conferi Beyoncé pouco se lixando para o playbacaço em seu r&b de breque - chataralho - para priorizar o rebolado enquadrado no maiô, os há-tempos-que-não-somos-bacanas do Green Day, o Muse quebrando tudo e a tal da Taylor Swift, à qual fui apresentado ontem, via satélite, no metrô de Nova York. Não, eu nem vi a grosseria do Kanye West pra cima dela. Se você também não viu, foi isso aqui:




O mais maneiro é que, segundo consta, até Barack Obama rechaçou a atitude de Kanye, supostamente o chamando de "jackass" (babaca) para um repórter. Nem sei se foi duplo sentido do presidente, mas cabe. E agora o cara foi até ao Jay Leno se desculpar. Sinceridade ou ação de assessoria para apagar imagem queimada?


O FILME DA TURNÊ MICHAEL JACKSON: EM OUTUBRO NOS CINEMAS

"This Is It" terá seu lançamento em 28 de outubro. O trailer é esse aqui:





Como diria o locutor das antigas, vem aí mais um campeão de audiência...


LEGIGGY POP!

Muito, muito boa essa versão do velho Iggy Pop no game Lego Rock Band:





Segundo o site Joystiq, o game deve sair em breve.


THE TRAVELLING MAN: TOY ARTS GIGANTESCOS


Uns caras do Reel FX Creative Studio se saíram com um projeto chamado "The Travelling Man", construindo estátuas gigantes de... robôs! Saiu assim:







As diversas criaturas estão montadas em Dallas. No site oficial do projeto tem outras fotos e seres de metal. Dica curiosa do Super Punch.


BYE, BYE, PATRICK SWAYZE


É isso.


ESTOU COM MEDO...


...do episódio final desta temporada de "True Blood". Já vi várias pessoas detonando e/ou saindo decepcionadas.

E você aí: shhhhhhh. Nada de spoilers. Devo ver e comentar ainda na quarta.

TEST DRIVE: "THE BEATLES - ROCKBAND"



Eu já andei escrevendo por aqui para duvidarem e até mesmo renegarem o hype com vigor; mas eu também sou partidário da ideia de que generalizações são sempre estúpidas. Depois disso, afirmo: após jogar "The Beatles - RockBand", comprovei que toda a espera dos fãs foi totalmente justificada.

O padrão RockBand de jogabilidade não deixava dúvidas em ninguém quanto ao fator diversão+interação do game; a grande questão, na verdade, eram duas: o repertório do jogo e o tratamento estético dado às distintas fases da banda de Paul, John, George e Ringo. Claro que os trailers foram aos poucos nos dando pistas de que o visual do game respeitaria os diversos momentos dos Beatles, mas ver isso na hora em que o jogo rola é uma outra coisa - e uma coisa espetacular, que vai além da diversão de experimentar a sensação de tocar as músicas dos FabFour.



No vídeo, Dhani Harrison (filho de George Harrison) demonstra
o game ao lado de Connan O`Brien no The Tonight Show



Uma das grandes sacadas de "The Beatles - RockBand" é a de ser uma aula sobre a banda mais importante da história do rock. Enquanto os jogadores estão ali, naquela simulação movida a instrumentos de plástico, descobrem diversas informações sobre o universo dos Beatles - roupas, estética da época e/ou do disco da vez, mudanças na aparência e até a relação com coadjuvantes de sua trajetória. Por exemplo, há a voz de Ed Sullivan em uma das músicas - "I Want To Hold Your Hand", se não me engano - e a gritaria das fãs americanas na turnê da banda que os levou a parar de tocar ao vivo por simplesmente não conseguirem se ouvir no palco, tamanha era a barulheira do público. As reações histéricas estão no jogo!





O repertório de 44 músicas -ok, 45, com a destravável "The End" - é acertadíssimo. Os clássicos estão lá, mas há espaço para músicas queridas e excelentes que não são exatamente domínio popular - e neste caso, uma das que tive o prazer de jogar foi "And Your Bird Can Sing", uma das minhas favoritas dos caras, presente no brilhante "Revolver". É, tem mais essa: o RockBand dos Beatles ainda vai fazer muita gente conhecer pérolas do repertório deles que nunca estiveram exatamente na vitrine.

Ainda sobre a coleção de 45 músicas, outra novidade excepcional é que o conteúdo de discos completos dos Beatles em versão RockBand serão postos à venda online. Os três primeiros álbuns contemplados são "Abbey Road", "Sgt. Pepper`s" e "Rubber Soul". Alguém duvida de que em muito breve TODA a discografia deles estará à disposição para ser jogada? E imaginem que nossos pais não podiam pensar que um dia chegaríamos a algo assim...

Ok, já que falei nos pais não posso deixar passar a chance: se você não é gamer mas é louco pelos Beatles, daqueles que sonham em passar o amor pela banda aos seus filhos, é bom pensar em ceder aos apelos de "The Beatles - RockBand". E se eu fosse o executivo de alguma grande gravadora - isso ainda existe? - tentaria pôr a discografia de todos os meus artistas grandes em versão RockBand. Mais do que uma forma de se divertir com um grupo de que se gosta, é um jeito de se construir uma relação ainda mais especial com ele. De tão geniais que são, os Beatles nem precisavam de seu RockBand; mas a esperteza (no bom sentido) e, por que não, a humildade de lançá-lo só deram a eles a manha de, mesmo quase 40 anos após seu término, ter conseguido adicionar um grande capítulo em sua história.

P.S.1: Eu não joguei com os instrumentos clássicos dos Beatles que vêm no kit completo do jogo, mas eu chego lá.

P.S.2: Esqueci não: mais tarde tem Vitamina!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

PODCAST TUDO ESTÁ RODANDO #25

A nova do Air, um bloco em homenagem aos livros e outras atrações deliciosas! Confiram:




Problemas com o player acima? Ouçam o podcast neste link direto! E a tracklist desta edição é essa aqui:

Air - "Sing Sang Sung"
The Pains of Being Pure At Heart - "Higher Than The Stars"
Diamond Rings - "All Yr Songs"


The Cure - "Killing an Arab"
The Decemberists - "Billy Liar"
Belle & Sebastian - "Legal Man"


Quer pedir/sugerir bandas, blocos, músicas? Opinar, criticar, elogiar ou falar de qualquer outro assunto sobre o blog? Use este e-mail aqui: tudoestarodando@gmail.com.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

LITERATURA ON E OFFLINE: DUAS SUGESTÕES NO CLIMA DA BIENAL

Começou ontem a Bienal do Rio - evento que ainda não sei se irei, dada a fila imensa de livros que me aguardam na cabeceira, a distância do Riocentro, a muvuca no pavilhão e a contenção de despesas pós-viagem; mas tenho duas dicas para os que gostam de ler - uma on, outra offline, no formato tradicional manipulável/folheável...




A primeira é "Autoassassinato", obra de Ronaldo Pelli que pode ser descrita como uma experiência literária colaborativa. É assim: todos os dias úteis o site é atualizado com o capítulo da obra - a saber, uma novela policial nada convencional; e os leitores, além de poderem comentar os capítulos postados, podem enviar materiais relacionados ao que se lê - fotos, vídeos etc. Interessante, não?

Mais convencional no formato mas também de proposta boa é o "Memórias de um Rato de Locadora", de L.G.Bayão. Na obra não-ficcional, prefaciada por José Wilker, o autor sugere e comenta filmes imperdíveis que qualquer um pode ter perdido - como "O Grande Lebowski", "Donnie Darko" e "Garotos Perdidos". Vai ter lançamento do livro no dia 18 (mais conhecido como "próxima sexta") na Bienal. Aliás, quem vai à dita cuja?

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

"STAR WARS - A SÉRIE": SÓ EM 2012... E COM BOBA FETT!

É uma questão que mora em algum canto remoto de sua mente e que por isso você consegue esquecer de vez em quando; mas vira e mexe a pergunta dá as caras e você, fã de "Star Wars", segue sem uma resposta: "Quando e como veremos a série live action (ou seja, com atores) da saga?". Pois bem, seguia: algumas respostas razoáveis sobre o programa foram dadas na Dragon Con, convenção nerd realizada entre 4 e 7 de setembro em Atlanta!

Bryan Young, do Examiner.com, esteve presente ao painel "Future of Star Wars" que rolou no evento e que teve Steve Sansweet, diretor da Lucasfilm, como convidado. Sansweet adiantou algumas informações bacanas sobre a série que vem aí...ainda que num futuro relativamente distante:

- A pré-produção do seriado deve começar em breve, mas a estimativa é a de que só vá ao ar em...2012. É.

- Segundo Sansweet, apenas George Lucas, o produtor Rick McCallum e os roteiristas conhecem a trama da atração.

- Cada episódio da série terá uma hora de duração e terá exibição semanal.

- E questionado sobre a presença de Boba Fett na série e uma possível volta de Daniel Logan (que viveu o caçador de recompensas ainda moleque em "O Ataque dos Clones") no papel, Steve Sansweet afirmou que não há atores escalados para o seriado, mas que Rick McCallum, há dois anos, chegou a considerar essa hipótese, manifestando a vontade de não perder Logan de vista...

***

Para vocês, Boba Fett pode ou deve aparecer no seriado? Eu voto nas duas opções.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

VITAMINA!: DIA DOS BEATLES+NOVA TEMPORADA DE SÉRIES+DISNEY vs. KID ROBOT...

Got milk? Então, bebam aí:


DIA MUNDIAL DOS BEATLES!


Hoje - 09/09/09 - é o lançamento mundial de "The Beatles: Rock Band", o game em que todo mundo vai poder brincar de Paul, John, George e Ringo. O mais legal, pra mim, é poder jogar com as réplicas dos instrumentos dos FabFour. Confiram o equipamento:




Mas há mais o que se comemorar nesta data: a EMI lança hoje os 13 discos da banda em versão remasterizada, com capas reproduzindo os vinis e tudo o mais. Segundo o Luiz Pimentel, do Gizmodo Brasil, os disquinhos sairão por aqui a R$30, com duas opções de boxes a R$800 (CDs em estéreo) e R$950 (em mono). Venda em parcelas, alguém?

E mais: Yoko Ono dedurou que a Apple anunciará em uma coletiva que fará hoje que o catálogo completo dos Beatles estará disponível no iTunes. Definitivamente, um dia longo e feliz para os beatlemaníacos...


A TEMPORADA 09-10 DA TV AMERICANA COMEÇOU! COMEÇOU?
Tecnicamente, sim - ontem teve estreia de "Melrose Place", inclusive -, mas pra mim, não. Abaixo, as datas que aguardo pra valer neste mês de setembro e seus respectivos lançamentos:

- 17 - sexta temporada de "The Office" e segunda de "Fringe"
- 21* - terceira temporada de "The Big Bang Theory"
- 25, vá lá - segunda temporada de "Dollhouse"
- 27** - primeira temporada de "The Cleveland Show"

* - Eu sei que também teremos estreia do sexto ano de "House", mas ainda não terminei o quinto...

** - No dia 25 também estreia o quarto ano de "Dexter", mas já vi o piloto...

E vocês, o que aguardam mais neste mês?


DISNEY vs KID ROBOT!


Enquanto ainda se fala na compra da Marvel pela Disney, foram reveladas as fotos do fruto da parceria entre a empresa do Mickey e a Kid Robot: o toy art de Tambor, o coelho de "Bambi". Vejam como ficou:



(Via Clutter)


Devo dizer que, se a Marvel da Disney for pelo mesmo caminho da união Disney-Kid Robot, ferrou-se... Mas isso nem acontecerá.


REMAKE DE "PLAN 9 FROM OUTER SPACE": ISSO ESTÁ ERRADO

Sim, está. O filme se chama apenas "Plan 9", tem lançamento previsto para abril de 2010 e esse trailer aqui:


Plan 9 Teaser Trailer from Darkstone Entertainment on Vimeo.




Ed Wood não precisava que sua obra fosse relida; e por que não fazer um filme envolvendo zumbis e alienígenas que não seja um remake?

Deveria haver uma espécie de lei resguardando autores de certos constrangimentos após a morte... Mas só para não falar que não gostei de nada, curti a bola de fogo/nave que veio do céu. Mas por enquanto não é o suficiente para me animar...

RODANDO EM BUENOS AIRES: DICAS PARA UM ROTEIRO ALTERNATIVO

Em bom portunhol: estoy de vuelta! Depois de quatro dias em Buenos Aires, hora de espanar a poeira do blog - e do jeito que prometi no post anterior.

Como dar uma googleada pra ver que sobram dicas de sites em português sobre turismo na capital argentina - que, depois da crise econômica dos hermanos, tornou-se um local acessível pra gente - e já que estamos no Rodanders, minhas sugestões envolvem games, toy arts, rock... Vamonos em tópicos:


GASTRONOMIA E BEBIDA

- Parece óbvio, mas vale chover no molhado: antes de viajar, deixe a dieta fora da mala. Sorvetes, carnes, doces de leite, cervejas, vinhos e alfajores te esperam.

- A cerveja titularíssima local é a Quilmes, que é deliciosa - seu chope, idem; mas há outras boas opções, como a Warsteiner e a Eisenbeck. Sim, eu sei que essas duas não são originalmente locais, mas são encontráveis em todos os lugares, assim como Stella Artois, Heineken e Corona.

- Todo mundo fala dos alfajores Havana, que de fato são bons pra cacete; mas ainda melhores - ou pelo menos em pé de igualdade com o alfajor de dulce de leche com cobertura de chocolate, meu favorito - são os Havannets, espécie de Nha Bentas portenhas com uma cobertura achocolatada bem espessa e de recheio de doce de leite de primeiríssima. Espetacular.

- Um detalhe importante: deixe para comprar os alfajores, havannets, potes de dulce de leche etc. no free shop do aeroporto, que fica na área do embarque. Os familiares e amigos agraciados vão te amar para sempre.

- Tudo bem que o Havanna é O alfajor, mas há outros muito bons na concorrência - como o Capitán Del Espacio, indicado pela Laila (valeu!) e que ainda tem uma embalagem vintage bacaninha. Só que o Capitán não é nada fácil de achar...

- Outros hits são os sorvetes do Freddo, rede de helados com uma loja a cada 500m e que traz em seu cardápio um sabor melhor do que o outro. Mas a boa é experimentar alguns que você não encontra por aqui, ou ao menos não de forma tão caprichada. De novo, aposte no dulce de leche, o doce de leite deles, que é indescritível de tão bom. Meu sabor favorito na Freddo é o dulce de leche com brownie. Não percam.

- Se você quiser tentar outra heladeria, o nome é Un'Altra Volta, com uma variedade tão boa quanto a do Freddo e uma qualidade ainda melhor. Tente o Banana Volta e Menta Granizada (com pedaços de chocolate).

- Voltando a falar de bebida, uma dica divertida e boa: quando você for no domingo à Feira de San Telmo - sim, porque você vai à Feira de San Telmo - não deixe de passar no Patio Cervecero, que fica exatamente em frente à feirinha, para tomar uma... Duff. Duff? A dos Simpsons? Pode acreditar:









A cervejaria vende a bebida favorita de Homer Simpson em garrafinhas geladas! E não é que a cerveja é boa? É para beber vendo as barraquinhas de San Telmo e guardar a garrafa (e a tampinha) pra pôr na prateleira da estante da sala de casa.

Um detalhe: também se encontra Duff em alguns supermercados de lá. Springfield existe - e fica na América do Sul!


COMPRAS, COMPRAS, COMPRAS


- Eu falei sobre deixar dietas para trás, mas o mesmo vale com a muquiranagem: Buenos Aires é lugar pra se gastar. O câmbio favorece, e muito: 1 real equivale em média a 1,80 peso. Tem loja que aceita nosso dinheiro, mas o ideal é trocá-lo nas casas de câmbio espalhadas pelo centro. Quem resolver levar dólar, então... A moeda americana tem uma cotação altíssima - em alguns lugares, chega a 4 pesos. Por isso, solte o consumista que existe em você.

Agora sim, compras!

- Ama tênis Vans, camisetas de bandas/séries/engraçadinhas, piercings? Marque no seu mapa uma passada na Galeria Bond Street, na Calle (rua) Santa Fe, 1670. São três andares de lojas de roupas, estúdios de tatuagens. Os preços dos casacos e dos tênis são ótimos.

- Sobre tênis, não posso dar dica melhor do que os modelos da Pony. A Pony é uma marca americana bem forte na Argentina, com produtos de fabricação local inclusive. E os tênis deles são bonitos demais, com preços de chorar. Por cerca de 160 pesos (R$80) você pode levar um modelo como esse:



Sei porque fiz isso: comprei dois pares.



(Foto: blog Meninas Intimadasss)


- Em La Bond (apelido da Galeria Bond Street) você também encontra toy arts. Uma loja que vale ser visitada é a Retro Toys, que mais parece um brechó de brinquedos, como você pode perceber na foto acima. As prateleiras são apinhadas de bonecos, e o lojista aceita choradas no preço.

- Com preços um pouco mais salgados - pouco! -, a Adidas Originals de Palermo Soho tem casacos clássicos a 180 pesos (R$100). Aliás, em Palermo Soho há também uma loja de rua da Nike com produtos a preços mais em conta do que os daqui.

- Palermo é mesmo um lugar bacaníssima. É um bairro jovem, de lojas de rua muito legais, com livrarias, cafés etc. Não hesite em entrar em uma das "portinhas" que encontrar por lá.

- De volta à Feira de San Telmo. A maioria das barracas vende antiguidades como talheres, pratos e telefones de disco, entre muitas outras coisas - inclusive brinquedo de décadas passadas, como bonecos do Gato Félix e do Topo Gigio. Vale escarafunchar e, encontrando algo legal, fazer valer a regra nº1 de qualquer feirinha: pechinchar.

- Muito perto da feirinha, descendo a calle Defensa, há duas lojas de artigos domésticos muito cool: uma delas é a Tienda Palacio, com toy arts, relógios de parede e quadros com reproduções de capas de revistas em quadrinhos; e a outra é a L'Ago, na mesmíssima vibe, com destaque para luminárias diferentes, com modelos em forma de fantasmas de Pac Man e de inimigos de Space Invaders.


NOITADAS E PASSEIOS CULTURAIS


- Importante lembrar que estamos falando da capital de um país enlouquecido por futebol - talvez até mais do que nós. Então, se na Argentina somos lembrados o tempo todo que futebol é cultura, um passeio essencial é conhecer La Bombonera, estádio do Boca Juniors, o Flamengo portenho, que fica no bairro de La Boca:





Por coisa de 20 pesos se tem acesso ao interior do estádio, com direito a uma visita ao museu do clube. E, sem sacanagem, mesmo sem ser em dia de jogo, estar ali é algo especial quando se curte futebol. Mas não faça como eu: assista a uma partida do Boca. Por pura incompatibilidade de datas, não consegui. Fica pra próxima.

Outra coisa: do lado de fora do estádio,entre numa das lojinhas para fanáticos da hinchada do Boca. Lembranças para todos os gostos e bolsos.

- Pertinho do estádio do Boca está Caminito, rua cujas casas têm uma pintura peculiar e colorida. Se for almoçar por lá, repare no papo mole dos "promoters" dos restaurantes locais, que tentam te atrair através do...futebol. Se você está de camisa de seu clube, eles chegam até a cantar músicas de exaltação a ele. No meu caso, viram que sou Flamengo, e cantaram "Tu és/time de tradição/Raça, amor e paixão/Oh, meu Mengo!". Reparem só na faixa que aparece na fachada de um destes restaurantes para ver se estou brincando:





Em Caminito, você pode esbarrar em figuraças como o Hormiguita, um cara que vende formiguinhas artesanais feitas de plástico de arame vestido como uma formiga gigante. Sente só o naipe da peça:




- Antes ou depois da Feira San Telmo, dê um pulo nas esquinas das calles Chile e Defensa: sentada num banquinho, lá está a recém-inaugurada estátua de Mafalda, a incrível personagem do cartunista Quiño. Para tirar foto, que nem eu fiz:





- Para aquela cervejinha noturna no esquenta da noitada, uma opção é o Mundo Bizarro (Serrano 1122, Palermo), bar com decoração retrô, exaltando pin-ups, carros envenenados, caveiras e filmes b. Bonito demais.





- E depois? Bom, se for sábado à noite, recomendo o Sick Club (foto acima). A festa do dia na casa é a Avantt, com duas pistas de rock/pop dos bons. De Cindy Lauper a MGMT, de Justice a The Clash a partir da 1h30 da manhã - é, a noite de Buenos Aires começa tarde! Música boa, cerveja gelada e galera a fim de farra até o amanhecer, como deve ser.


- Como nem todos recomendam, me sinto na obrigação de indicar uma visita ao MALBA, o Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires. No acervo fixo, o Abaporu de Tarsila do Amaral, obras de Botero, Frida Kahlo, Di Cavalcanti, entre outros, e intervenções como a Entremaderas, de Pablo Reinoso:





Para quem vai a Buenos Aires mês que vem, ótima notícia: no dia 23 de outubro acontece no MALBA a inauguração de "Andy Warhol, Mr. America", primeira exposição do artista no país. Vai até fevereiro!

- E para terminar, volto a falar de futebol. Não dei a sorte de pegar a exposição de Andy Warhol nem de acompanhar um jogo do Boca, mas tive o prazer de ver o Brasil vencer a Argentina no telão de um pub, devidamente acompanhado de amigos, pints e gozação verde-amarela em território adversário.

Vou dizer: eu gosto de futebol, mas não ligo para seleção - acima de tudo, sou Flamengo; no entanto, no último sábado torci como há tempos não fazia para a equipe brasileira. E valeu a pena, porque a sacanagem com os hermanitos foi excelente. A foto abaixo apenas sugere um pouco do que foi:



(Meu camarada Luiz Felipe e eu, tirando um sarro
com os argentinos na casa deles. Desculpem, Hermanos!)

No mais, os caras levaram numa boa, apesar da cabeza inchada. Se tiverem a experiência de assistirem a um Brasil x Argentina por lá, não percam a chance. Se o jogo acontecer na casa deles, mejor ainda.


***

Apenas um pedido: quem for seguir alguma dessas dicas, aceito o agradecimento em forma de regalos Havanna. Gracias y buena viagem!

domingo, 6 de setembro de 2009

MI BUENOS AIRES QUERIDO...

É isso aí: estou na capital argentina, passando uns dias de férias, e, como já tinha avisado no Twitter do blog, os posts vao dar uma rareada - até porque no tengo wi-fi no quarto.

Quando regressar do intensivao de portuñol - nesta próxima terça-feira - vai rolar um post com dicas do que se fazer na ciudad, com um roteiro medio turistón, medio alternativo. Pero já adianto: ver um Brasil x Argentina por aqui é fundamental - ainda mais com vitória nossa. É otra cosa, amigos... Hasta!

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

CATHY BRETT E "EMBER FURY": QUADRINHOS FLAMEJANTES

Uma adolescente piromaníaca é a protagonista da nova obra em quadrinhos que tem chamado a atenção lá fora: "Ember Fury".





Escrito e desenhado por Cathy Brett, "Ember Fury" tem até teaser no YouTube. Aqui:



(Via
Bleeding Cool)

Pela Amazon americana, sai a US$11.79
. Mas enquanto isso não acontece, um bom aperitivo é visitar o portfolio online de Cathy. Por lá, você encontra desenhos como o de cima e outros bacaníssimas, feitos pela autora para outras obras... Exemplos:







Por essas e outras, "Ember Fury" vai entrar na minha fila de quadrinhos a serem lidos...

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

QUEM INVENTOU O LAPTOP? FLASH GORDON.

Na verdade, não foi o herói, mas seu criador, Alex Raymond - ou quase isso. O importante é que um fã de quadrinhos notou essa ilustração em uma revista de 1937:



(Via io9)

Qualquer semelhança entre o aparelho que Ming aparece usando em "The Outlaws of Mongo" e o que uso para fazer este post não pode ser coincidência, mas sim futurologia das boas. Julio Verne ficaria orgulhoso de Raymond. O pai do Notificator, o avô do Twitter, idem.

"OS ÚLTIMOS DIAS DE MICHAEL JACKSON": REPORTAGEM EM QUADRINHOS

Excelente sacada da turma do Pop & Arte do G1: fazer uma matéria consolidada - nome dado à reportagem que conta uma história já "fechada" e anteriormente desenvolvida em várias outras - sobre
os dias finais de Michael Jackson em forma de história em quadrinhos.




Enquanto confere "Os Últimos Dias de Michael Jackson" - assinada pelo trio Diego Assis(texto), Rafael de Latorre (desenho) e Rodrigo Chiesa (layout) -, o leitor pode clicar em alguns quadrinhos e acessar a reportagem correspondente àquele pedaço da trama. Muito legal.

Só ficou faltando uma coisinha: um código HTML para dar a chance ao leitor de embedar a HQ em seu blog/site. Dei a sugestão ao Diego, e ele me disse que, no futuro, isso deve acontecer.De qualquer forma, os caras estão de parabéns ao testar esse formato dentro de um site jornalístico. Palmas pra eles.

"BATMAN: ARKHAM ASYLUM", ESTÁ NO GUINNESS. UAU.

Chamem de moral se quiserem. Eu prefiro acrescentar outra palavra: competência. Repetindo o que disse acima, "Batman: Arkham Asylum", foi parar no Guinness Book como o jogo de super-herói mais aclamado de todos os tempos. De fato, só ando lendo elogios ao game de Playstation 3, Xbox 360 e PC. E reviews em vídeo como o do IGN confirmam os relatos:




Vocês viram? Batarang controlado remotamente, com visão da arma; ataques furtivos; jogabilidade respeitável; combos de golpes desbloqueados progressivamente; e um visual absurdo de cenários e personagens. Precisa mais?

Precisa. Quer dizer, preciso. De um XBox 360 ou de um PS3, urgentemente. E vou mais além, imaginando uma versão do jogo adaptada ao Project Natal.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

PLANETA TERRA 2009: MEUS FAVORITOS, INCÓGNITAS E DISPENSÁVEIS

De repente vocês já sabem, mas me sinto na obrigação moral de replicar por aqui: já começou a venda de ingressos para o Planeta Terra 2009. O festival, que rola no Playcenter dia 7 de novembro, tem entradas a R$140, valendo a meia a R$70. Preço honesto.

Abaixo, a lista das atrações já confirmadas, separadas em três grupos: o dos meus favoritos, as incógnitas (i.e., que até despertam minha curiosidade) e os que passo sem peso na consciência:


FAVORITOS (ou "Eu quero ver")


PRIMAL SCREAM - Eu os perdi no Tim Festival, mas agora não quero dar esse mole não. Quem viu a banda de Bobbie Gillespie ao vivo disse que é muito, muito bom. Pelo conjunto da obra, pela palavra dessas pessoas, levo a maior fé em que o raio volte a cair bonito.

TING TINGS - Conheço gente que viu ao vivo lá fora e os relatos dessa galera são do tipo: "no disco é legalzinho, mas ao vivo é muito melhor". Contando que são apenas duas pessoas no palco, promete.

MAXIMO PARK - Mesma situação: os caras são bem recomendados. E as músicas são bacanas. Mesmo não achando uma banda excepcional, algo me diz que gostarei bastante.



INCÓGNITAS (ou "Pode ser bacana!" ou "Será que vale, hein?")


METRONOMY -
Acho que o show deles pode funcionar comigo da mesma forma que aconteceu com o Klaxons no Tim Festival: depois que os vi ao vivo, fiquei muito mais fã.




N.A.S.A. - Nos mp3 e no MySpace a dupla vai muitíssimo bem... Resta saber se, ao vivo, eles dão conta de todos os seus remixes. Levo fé.

E.X.! e ETIENNE DeCRECY -
Não conheço... e não conheço. Prometo correr atrás.


PASSO (ou "Não, obrigado")


COPACABANA CLUB - Já vi ao vivo, e pra mim não passa de um arremedo de CSS - que já não é nada inacreditável, embora seja legal. Mas a cópia não vale...

MÓVEIS COLONIAIS DE ACAJU - Alguma coisa me impede de gostar deles. Talvez seja um certo traquejo Arnaldoantunesiano. Não sei; só não curto.

* * *

Agora, a verdade é que os produtores cariocas podiam se coçar pra trazer essa gente pra cá - e pra outras praças também. Pelo menos o Primal Scream e os Tings...

"TRUE BLOOD", EPISÓDIO 11, SEGUNDA TEMPORADA: MELHORANDO O CAOS PARA O GRAN FINALE

"Frenzy" foi um episódio tipicamente de transição - daqueles que só prepara o clima para que as coisas aconteçam de verdade no final. Mas teve vários momentos divertidos, como a visão de Lafayette, os diálogos de Jason e Andy e, lógico, a participação especialíssima e real de uma ex-senhora Marilyn Manson...

Como sempre, os comentários vêm em tópicos, feitos enquanto assistia ao episódio:





- Uau. Evan Rachel Wood de Rainha. God save the Queen!

- Hoyt, seu bucha. Hoyt, seu bucha. Hoyt, seu bucha. Devo repetir mais? Não irei, mas sinto que precisava - e que ele merecia.

- A Rainha disse que vampiros só podem beber sangue humano - mais uma diferença dos espécimes de Charlaine Harris/Alan Ball para os de Anne Rice.

Ainda sobre o assunto, queria entender melhor essa hierarquia dos vampiros de "True Blood". A Rainha é superior aos xerifes, certo? Mas será que responde aos líderes da American Vampire League?

Bom, ao menos sabemos que ela sabe de tudo. Ou quase.

- Interessante (ainda que com os dois pés no brega) o conceito de "day room" da casa da Rainha. E por que Bill não usa o celular pra avisar Sookie de sua permanência na residência real? Tsc.





- As algemas de Lafayette. Parece nome de novela trash, mas estou falando do objeto mais engraçado do episódio - embora algemas felpudas não sejam exatamente uma surpresa em se tratando de Lafa.

Ah, e Tara chatona. Sim, voltou ao normal.

- Falando em normalidade, Jason também está se precipitando, como de costume... E como confiar naquele treinamento bunda do acampamento dos Newlin?

- Ok, Bill mandou uma mensagem de texto para Sookie. Menos mal!

- Na cena de Lettie Mae e Tara, notaram a decoração do cômodo da casa de Lafayette? Era cheia de motivos religiosos.

- Lafayette, louco pra ter um barato de olho preto. E tem sonhos eróticos com Eric. Ugh.

Aliás, a cena da visão que ele tem de Eric como Lettie Mae é uma das melhores cenas do episódio...

- Falando nisso: Lettie Mae é muito otária. E Tara é uma tremenda malandra, pedindo a chave do carro de Sookie.

- Jason Stackhouse malandrão. E o que foi a dancinha de Andy e Bud Dearborne?!?

- Operação resgate com Sookie e Lafayette: cool! E quem não queria ter tacado aquela estátua na estúpida Lettie Mae?

- Quando Sam falou aos filhos de Arlene sobre o pai deles, alguém mais teve a impressão de que esse personagem vai acabar aparecendo na série?

- Muito boa a revelação de que Tara invocou Maryann. Sendo assim, tá tudo na conta dela.

- E a mãe de Hoyt? O olho preto entra, a verdade sai.

- Foi bizarramente estranha a cena de Lafayette "alimentando" Terry e Arlene. Ponto fraco.

- Eric, o rei da criançada! E parece que Sam e Eric já andaram se cruzando noutros carnavais. O dono do Merlotte`s deu mole: em vez de oferecer-se para pagar o favor no futuro, devia ter apelado para a união corporativa dos donos de bar.

Agora, espetacular mesmo foi ver o dono do Fangtasia voando. Cool!

- Bill, se sujeitando aos caprichos da Rainha gay. É nessas horas que se vê a boa vontade de um vampiro que quer se misturar aos humanos...

- Xi... Lafayette olho preto em breve?

E aproveito para lançar a pergunta: quantas falas Karl teve ao longo de sua existência em "True Blood"?

- É, Sam. Segundo a Rainha, vai ter que partir pro sacrifício...

- E a prima de Sookie, hein? O gosto por vampiros é de família.

- Bill e Eric, cheios das informações. E ponto para Compton no jogo da chantagem.

- É sempre tempo de perguntar: onde fica a mansão da Rainha mesmo?

- Jason Stackhouse e a teoria do ovo: simplesmente hilário. Jason Stackhouse dando a receita do garanhão caipira: idem.

- Bill vai desenrolar toda a situação com Sam. Trégua!

- Ok. Que ovo era aquele? E Lafayette olho preto surge enfim. Pra tudo se resolver com Sam, Bill, Jason, Andy. Confiam neles?

***

E em pensar que só falta um episódio... Será que Maryann vai virar mortal nas mãos de Bill? Pra mim não resta dúvida. A única incerteza é se o grande herói da história será Bill ou Eric. Ponho minhas fichas no segundo. E vocês?
Related Posts with Thumbnails