segunda-feira, 21 de setembro de 2009

EMMY 2009: VENCEDORES, VENCIDOS E COMENTÁRIOS!

O programa da noite de domingo não podia ser outro: assistir ao Emmy 2009. Aqui no Rodanders teve a estreia do live blogging, com comentários e enquetes postados ao vivo - e, claro, com a participação dos leitores. Foi muito divertido. Valeu a experiência!

Para os que não acompanharam a premiação por aqui, seguem minhas observações, comentários, pareceres, pitacos etc. sobre os principais prêmios da noite. Lá vai:


- MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA: "MAD MEN"- Eu só tentei ver essa série uma vez - e dormi no sofá, nocauteado pela trama arrastada. A produção de arte é monstruosa, cenografia, figurino e trilha sonora impecáveis mas... não sei. Comigo não funcionou. É isso tudo mesmo?

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA: "30 ROCK"- Não há mais qualquer surpresa em ninguém. Já deixou de ser uma disputa: a cada ano, a única pergunta é: "Será que alguma série pode derrotar a de Tina Fey e cia.?". Há 3 anos a resposta é: não.

- MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE COMÉDIA: KRISTIN CHENOWETH, POR "PUSHING DAISIES" - Err. Não sei. Não via a série, mas o comentário geral é a de que foi merecido. Agora, alguém notou que Tina Fey ficou meio contrariada? Acho que ela esperava que iria entregar o prêmio para Amy Poehler...

- MELHOR ATRIZ DE COMÉDIA: TONI COLLETTE, POR "UNITED STATES OF TARA"- Abandonei a série no terceiro episódio, por pura falta de tempo; mas o papel de Tara foi talhado pra sua intérprete vencer premiações. E a competente Toni merecia mesmo.

- MELHOR ATOR COADJUVANTE DE COMÉDIA: JON CRYER, POR "TWO AND A HALF MEN"- A primeira zebra da noite... Ele é bem melhor do que Charlie Sheen, mas daí a vencer Rainn "Dwight Schrüte" Wilson vai uma longa distância...

- MELHOR ATOR DE COMÉDIA: ALEC BALDWIN, POR "30 ROCK"- Merecido? Sim. Mas é o novo Tony Shalhoub. Dá pra premiar outro?

- MELHOR ATOR COADJUVANTE DE SÉRIE DRAMÁTICA: MICHAEL EMERSON, POR "LOST" - Eu REALMENTE preciso dizer o quão feliz fiquei com esse prêmio? A justiça tardou, mas veio. Merecido ao cubo. Comemorei como se fosse um gol do Flamengo.

- MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE SÉRIE DRAMÁTICA: CHERRY JONES, POR "24 HORAS"- Uma das melhores coisas da última (e boa) temporada da série de Jack Bauer foi a presidente Allison Taylor, vivida por Cherry. Outra vitória justíssima...

- MELHOR ATRIZ DE SÉRIE DRAMÁTICA - GLENN CLOSE, POR "DAMAGES"- Glenn sempre entra pra ganhar. Muito previsível, mas não menos merecido por conta disso.

- MELHOR ATOR DE SÉRIE DRAMÁTICA - BRYAN CRANSTON, POR "BREAKING BAD" - Nunca vi um bloco de "Breaking Bad", mas o cara é bicampeão. Deve ser um monstro.

***

E pra vocês? Houve mais justiças, injustiças ou tudo foi equilibrado? Quais os destaques, zebras e erros da noite do Emmy? Comentem e respondam a enquete na coluna da direita!

8 comentários:

Kaká disse...

Mad Med é realmente muito boa, mesmo passando nos anos 60 é atualíssima. Mas concordo qeu o ritmo é lento, tem que ir se adaptando aos poucos. (confesso que queria que Dexter ganhasse, eu gostei da 3ª temporada). Acho que ano que vem Lost deve levar com a temporada final.

A Kristin Chenoweth mereceu mesmo, mas acho tão bitter-sweet ganhar por uma série que foi cancelada né?

Eu vi a primeira temporada de Breaking Bad, não me pegou mas posso ver o que gostam tanto no Bryan Cranston. Eu preferia o Michale C Hall e até o Jon Hamm.

Eu acho o Jon Cryer um chato. Esse Emmy era do Dwight ou do Barney.

Michael Emerson Rules!!

Eu não vi essa temporada de 24hrs, achava que a Chandra Wilson ia levar.

bjs!

Felipe Vaz disse...

BRYAN CRANSTON, de "BREAKING BAD", é realmente excelente. Vi apenas 3 epis dessa série, que vale muito por conta dele mesmo.

Madman é realmente muito boa, tão boa quanto Sopranos, que tem o mesmo ritmo, mas trata de assuntos muito diferentes. Atrái alguns e exclui outros. Normal.

30 Rock por mim pode continuar ganhando Emmys e novas temporadas. Assim como "United States of Tara", uma das novas séries mais deliciosas de assistir, ao lado de "Nurse Jackie".

Marcelo Andrade disse...

Não sou tão expert em séries, então apesar de não conhecer todos os concorrentes, uma coisa é fato: o John Cryer *É* o personagem.

Quanto a "Pushing Daisies" eu até gostava, mas de fato não via nada demais na Kristin Chenoweth.

Acho que o humor de "30 Rock" já está um pouco desgastado. Talvez até difícil desbancar o renomado Alec Baldwin, mas será que o Jim "Sheldon Cooper" Parsons não merecia?

Tio Greg disse...

Pelo jeito sou o único que vê Breaking Bad...
Estava torcendo pro Michael C. Hall, mas o Cranston merece o prêmio. Na verdade, considero os dois no mesmo nível. Só que como o nosso Dexter ainda não ganhou por esse papel, queria que ganhasse dessa vez.

mari disse...

Tá na hora do Michael C Hall ganhar.! Ele já deveria ter ganhado pela segunda temporada, mas vamos esperar...
O Ben ganhou tarde, mas ganhou. Espero o mesmo reconhecimento para Saving Grace, que mesmo não sendo badalada tem indicação..
Nesse ano pelo menos, a Rose Byrne foi indicada..

Ps.: True Blood não é série para Mid Season..A não ser que o Mid Season, aos poucos se torne mais respeitado e participe dos prêmios..

Arthur Arroxelas disse...

Porra, breaking Bad é uma série perfeita e de muito bom gosto. Bryann é um monstro mesmo C.A. E confesso que nenhuma série é tão realista como essa, assista e você jamais vai se arrepender.

Alessandra disse...

Oi, C.A.,
Já te falei antes... Mad Men é muito boa...! : ) Mas é assim lenta mesmo. Depois que a gente engata na história, fica viciado -- tem cada diálogo, cada tirada! Pelo menos as duas primeiras temporadas.

Adorei que o M. Emerson ganhou!

E Breaking Bad é bem legal -- diferente e inteligente.

Beijos!

Murilo Herik disse...

Pra ganhar de Hugh Laurie e Michael C. Hall o cara deve ser um monstro mesmo.

Related Posts with Thumbnails