segunda-feira, 31 de agosto de 2009

BLOG DAY 2009: CINCO BLOGS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

Blog Day 2009

E eis que, em um dia bem agitado, consegui usar a última hora dele para participar do Blog Day 2009! Como alguns de vocês já sabem, este é o dia em que blogueiros do mundo todo recomendam cinco blogs que leem/acompanham. Abaixo, seguem minhas cinco dicas de leituras, sem repetir as que rolei no ano passado (e que continuam valendo):

- POP CANDY
- Yeah, é gringo - e fundamental pra quem ama cultura pop. Volta e meia, o blog de Whitney Matheson, jornalista do USA Today, é citado por aqui. Também pudera: Whitney é viciada em séries, música, quadrinhos e livros como eu e, provavelmente, vocês; e tem um gosto bom pra cacete! Sou fã.

- DOIS CLIQUES - Esse é de um camarada - um fera no que faz: Marcos Serra Lima, fotógrafo, também é blogueiro dos bons. Com seu texto leve, ele conta história de fotografias, de sessões de trabalho, da ralação das coberturas... E tudo obviamente muito bem ilustrado com cliques espetaculares.

- TECO APPLE - Essencialmente, o blog traz notícias sobre música, cinema e artes com um texto mais do que objetivo e ágil, além de recomendações certeiras. Pílulas pop de primeira.

- BIGSTEREO - Mais um estrangeiro na lista! O BigStereo é um apanhado de indicações da vanguarda-da-vanguarda-da-vanguarda da música eletrônica, com players, MP3 e vídeos para os test drives. Algumas das coisas que toco no Podcast Tudo Está Rodando são descobertas por lá, inclusive.

- MASSA CULTURAL - Eu acho o nome meio riponga, e quem me conhece sabe que eu amo neohippies - NOT! -, mas o conteúdo agrada qualquer fã de design e artes visuais. Uma descoberta muito recente, e uma indicação merecidíssima.

***

E vocês, blogueiros ou não, quem me indicariam?


http://technorati.com/tag/BlogDay2009

DISNEY COMPRA MARVEL: SEM ALARMES E SEM SURPRESAS

A semana começa com uma bomba: a Disney comprou a Marvel pela bagatela de US$4 bilhões, passando a ser a dona dos 5 mil personagens da empresa. Uau.

Uma simples busca pelo YouTube já revela a reação exasperada de alguns fãs, desesperados por um estapafúrdio cruzamento de universos que possa acontecer com a novidade. Um desses exagerados desabafos:





Não que eu seja um especialista, mas acho que está rolando um alarmismo destes indignados fãs da Marvel. É um absurdo pensar que, num futuro breve, o Homem de Ferro vá combater os Irmãos Metralha, ou que o SuperPateta bata de frente com o Wolverine. O que haverá - e isso já foi confirmado - na verdade são debates sobre possibilidades criativas entre as duas empresas. Não vamos pensar em universos cruzados, mas sim em compartilhamento de know-how. Certo?

Em um texto no Melhores do Mundo, Thales "Ultra" Martins menciona dois benefícios imediatos da transação:

- Os filmes Marvel ganham uma distribuidora de peso;

- E o mesmo acontece com as revistas da Disney.

Eu também vejo a novidade como bastante positiva. E vocês?

SEGUNDA-FEIRA BIZARRA

Com o perdão do pleonasmo - já que toda segunda-feira, de um jeito ou de outro, é bizarra -, separei dois vídeos pra vocês pensarem que, se encarar mais uma semana de trabalho/estudo é foda, sempre podia ser mais estranho. Exemplo #1:



(Via
Information Nation)


O exemplo #2 ainda consegue ser pior. Muuito pior:



(Via Delicious Ghost)


A batalha de hip-hop é até divertidinha, mas este segundo vídeo foi postado no esquema "O Chamado". Pra quem não lembra, no filme de terror as pessoas eram juradas de morte pelo espírito de uma menina, só conseguindo se livrar da maldição se... bom, não vou contar. Mas fiz mais ou menos a mesma coisa ao pôr esse vídeo aqui. Espero que funcione.

sábado, 29 de agosto de 2009

"WHERE THE WILD THINGS ARE": A FONTE DA JUVENTUDE DE SPIKE JONZE

Um dos motivos pelos quais pus a música de Karen O no podcast - além de achá-la bem legal, claro - é o fato de ter sido feita para a trilha sonora de um filme que pode conquistar meu prêmio imaginário de melhor do ano: "Where The Wild Things Are" (Título em português: "Onde Vivem os Monstros"), novidade do Midas que se chama Spike Jonze.

Motivos não faltam para gostar do filme. Um eu já citei, chamado "Spike Jonze"; o outro é a história, adaptada do livro homônimo de Maurice Sendak, sobre um menino que inventa um reino só seu; a terceira é a de que ele parece ter se inspirado em filmes como "A História Sem Fim" e "Labirinto" para contá-la.

A quarta consegue ser mais poderosa. Assistam e não tentem evitar o sorriso do rosto:





Toda vez que eu começo a ver esse trailer, saio imediatamente dos 33 anos, indo parar nos 9,10, e voltando às três décadas somente nos créditos. Mal vejo a hora para experimentar isso em versão longametragem, diante de uma tela imensa. Já tem dia e data para isso acontecer, mas vai demorar: 1º de janeiro de 2010.

PODCAST TUDO ESTÁ RODANDO #24

A nova edição do podcast tem Karen O. e o primeiro single da trilha de "Where The Wild Things Are", o novo filme de Spike Jonze - aliás, volto a falar sobre ele ainda hoje aqui no blog -, uma nova do Sondre Lerche, a novidade The Babies e uma homenagem a Ellie Greenwich - e vocês a conhecem bem. Acreditem!






Problemas com o player acima? Ouçam o podcast neste link direto! E lá vai a tracklist:

Karen O & The Kids - "All Is Love"
Sondre Lerche - "I Cannot Let You Go" (Valeu, @Mattoso!)
Babies - "Meet Me In The City"

The Beach Boys - "I Can Hear Music"
The Crystals - "Then He Kissed Me"
The Ronettes - "Be My Baby"


Para sugerir ou pedir bandas/blocos/músicas, opinar, criticar, elogiar ou falar de qualquer outro assunto sobre o blog, o e-mail tá aí: tudoestarodando@gmail.com.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

VIRAL DE "CLOVERFIELD 2": FAKE OU NÃO?

Crer é um exercício de vontade. Dito isso, saibam que tá rolando no YouTube um vídeo que supostamente - supostamente, repito - promove uma suposta - suposta, repito também - sequência de "Cloverfield", o filme de JJ Abrams. Notem bem a placa da rua aos 38 segundos:



(Via PopWrap)

Como eu disse no começo, crer é questão de querer. Muita gente crê que é um fakezão; eu penso também que seja, mas por outro lado quero acreditar que não. De qualquer forma, foi postado ontem e já tem quase 10.ooo exibições. E vocês, o que acham que é?

BELCHIOR NÃO FOI O ÚNICO: CINCO MÚSICOS QUE TAMBÉM DESAPARECERAM

Tirando as twitadas da Xuxa, não se fala em outra coisa na semana: o sumiço de Belchior, depois de ser tema de matéria do Fantástico, repercutiu até mesmo no The Guardian. Mas o caso do bigodudo autor de "Medo de Avião" não é o único na história do showbiz...

Abaixo, listo cinco casos de músicos que se escafederam misteriosamente. De todos, apenas um - ou melhor, uma - voltou... mas ninguém garante que não vá sumir de novo, pois se trata de uma desaparecida reincidente. São eles:


RICHEY EDWARDS - Quem? Letrista e guitarrista dos Manic Street Preachers. Quando? Fevereiro de 1995. E aí? Foi dado como morto.

O sumiço de Richey aconteceu no dia 1º, quando ele e o vocalista da banda James Dean Bradley iriam aos EUA para uma turnê. Na verdade, há quem considere que seu desaparecimento oficial ocorreu no dia 17, já que
esta foi a data em que seu carro foi achado próximo a uma ponte, da qual suspeita-se de que teria se suicidado. Sem que seu corpo tivesse sido achado, ele foi oficialmente considerado morto em 23 de novembro de 2008.



GLENN MILLER - Quem? sArranjador, compositor e maestro de orquestra. Quando? Dezembro de 1944. E aí? Sumiu no ar.

Você pensa que só seu pai ou avô podem conhecê-lo, mas certamente você já escutou um de seus sucessos - como "In The Mood" e "Moonlight Serenade" - certo?

Miller sumiu no dia 15 de dezembro de 44: num voo do Reino Unido a Paris, seu avião simplesmente desapareceu sem deixar pista nem rastro. Praticamente um "Lost" da vida real.


GERRY RAFFERTY - Quem? Cantor pop escocês Quando? Agosto de 2008. E aí? Dizem que acharam, mas...

Bom, esse você também deve conhecer: ele é o autor de "Baker Street", cantando na gravação original da música.

Em julho do ano passado, após deixar um hotel de Londres, ele se internou no St Thomas, hospital da capital inglesa, para se tratar de um mal crônico no fígado. No dia 1º de agosto, Rafferty escafedeu-se (ou foi escafedido, sabe-se lá) do hospital, deixando seus pertences para trás.

Em fevereiro deste ano, a imprensa britânica bateu cabeça ao informar sobre o paradeiro de Rafferty: enquanto uns apontaram que ele estaria no sul da Inglaterra, outros contaram que familiares teriam dito que ele está na região italiana da Toscana, compondo material para um novo disco. Mas até agora, sinal de vida, que é bom...


CONNIE CONVERSE - Quem? Cantora novaiorquina Quando? 1974. Acharam? Nada - e ela nem queria.

Connie era uma cantora obscura, de poucas aparições em rádio e TV dos EUA - de tão obscura, seu primeiro disco, "How Sad How Lovely", é deste ano, reunindo gravações feitas por ela nos anos 50.

No ano de 1974, após trabalhar como jornalista e secretária, ela escreveu uma série de cartas para a família e para os amigos, dizendo que iria mudar de vida. Então, tudo indica que ela embarcou em seu fusca e dirigiu para o nada, sumindo do mapa. A misteriosa fugitiva tem até site-homenagem.


MADELEINE PEYROUX - Quem? Cantora e guitarrista americana de jazz. Quando? 1996 e 2005. Acharam? Ela voltou.

Bicampeã do desaparecimento voluntário, Madeleine evaporou a primeira vez em 96, após o lançamento de seu primeiro disco, "Dreamland" - em português, "Terra dos Sonhos". Sugestivo?

Daí, ela passou sete anos (!) tocando nas ruas de Paris (!!!). Só foi gravar de novo em 2004, mas não chegou a promover direito o novo disco, "Careless Love", pois deu perdido de novo no dia 10 de agosto de 2005. Sua gravadora, a independente Rounder Records, contratou então um detetive, que a achou em Nova York, no fim do mesmo mês. Se der uma bobeada, é possível que ela suma novamente...

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

"TRUE BLOOD", EPISÓDIO 10, SEGUNDA TEMPORADA: O CAOS E A CURA

Uma Bon Temps de patas para o ar, numa incrível armadilha de sata...Maryann, emboscadas para Sam, artimanhas de Jason, um novo poder de Sookie e... a rainha. "New World In My View" é a preparação para um fim de temporada que promete ser nada menos do que excelente!

Após mais este episódio, aí vão meus comentários, sempre em tópicos e feitos à medida em que via o episódio:

- Sookie sendo tentada por Eric? Eu sei, vocês sabem e a torcida do Mengão também: uma hora vai rolar.

- Imaginem o que se passou na cabeça de Sookie e Jason ao avistarem o caos em Bon Temps. E eles lá, pensando que o pesadelo acabou com a Fellowship of the Sun.




- Poucas coisas já mostradas na série foram tão nojentas quanto o totem montado por Maryann, Eggs e Karl.

- Nintendo e HBO: uma curiosa e divertida parceria.

- "Há uma nova garçonete nova no Merlotte's?". O velho Jason Stackhouse voltou...

- Andy e Sam perseguidos, Merlotte`s invadido... Onde está Lafayette?

- Ah, sim. Lafayette está com Lettie Mae, tentando exorcizar Tara. E é de Lafa a frase da semana: "Jesus e eu concordamos em ver outras pessoas, mas isso não quer dizer que não nos falemos às vezes".

- Maryann tem lodo em suas veias, e Sookie, raios em suas mãos. E, como a mênade bem perguntou, o que é Sookie?!?

- Jason Stackhouse, armado, perigoso - heh - e de serra elétrica na mão me lembrou o Ash em "Evil Dead 2".

- Falando em lembrar, a cena de Jason como o Deus chifrudo, sendo ajudado por Andy, foi totalmente "Rebobine Por Favor". Ótima!

E o desfecho, com Sam apagando os sinalizadores de avental e bunda de fora? E depois não sabem por que Andy Bellefleur enche a cara...


- Só Sookie e Bill expulsam os demônios das pessoas.


- Se liga, Hoyt: sua mãe já cuspiu tanto veneno, então por que Jessica não pode mordê-la?

- Quem será a rainha dos vampiros? E onde ela vive? E creio que veremos a força-tarefa da qual falei contra a maldita mênade...


* * *

Faltam só dois episódios, e quem consegue prever o que irá acontecer? Só sei de uma coisa: Na segunda reta final de sua história, "True Blood" acerta novamente...

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

WISHLIST: TUDO O QUE EU QUERO PRA ONTEM

Depois de um título tão esclarecedor desses, o que me resta dizer sobre o que vem abaixo? Apenas que essa é mais uma seção do blog. Eu sei que há algumas outras pra administrar, outras para ressuscitar, mas é mais forte do que eu.

Então, aí vai a pequena porém sincera lista de coisas que desejo ver/ouvir/ler em muito breve:

DISCOS - O geniozinho norueguês Sondre Lerche - pô, nunca ouviu falar dele? - tem lançamento pra daqui a pouco: "Heartbeat Radio" sai dia 8 de setembro. O primeiro single, que tem o mesmo nome do CD, pode ser escutado aqui; sincera e infelizmente, porém, nem achei essa Coca-Cola toda não.



SHOWS -
Sendo muito objetivo e falando de algo bastante possível, Faith No More no Rio. Os boatos andam pipocando no Twitter, mas nada de confirmação oficial até agora... Tô pensando que é questão de dias.

CINEMA - "Inglorious Basterds", é claro. Anteontem vi o Tarantino no Dave Letterman Show e a vontade só aumentou. Lá nos EUA já estreou; por aqui, só dia 23 de outubro. Vou segurar a onda e esperar para ver no telão, com pipoca jumbo no colo.

DVDs - A dica do melhordomundo-Ultra-Thales me fez esfregar as mãos: The Haunted World of Superbeasto é um longa animado de Rob Zombie que conta as aventuras de Superbeasto, um herói de máscara de luta-livre. No trailer abaixo dá pra perder a conta do número de coisas legais que surgem na tela - e que, juntas, não podem resultar em algo ruim:




Curtiu, né? Fique tranquilo(a): 22 de setembro chega rápido.


LIVROS - Tenho uma fila repleta na minha espera, mas "A Gramática da Fantasia" está na minha mira não é de hoje. Obra do italiano Gianni Rodari, o livro ensina técnicas e exercícios para o desenvolvimento da criatividade. Precisaria de um post para descrevê-lo, mas o Hiro, do Widoníd Another Hiro, já fez isso por mim.

QUADRINHOS - Whitney "Pop Candy"Matheson fez as honras e eu curti o conceito: "Super Human Resources" mostra o cotidiano de Tim, um estagiário contratado por um escritório de Super-Heróis. Queria a edição impressa, mas - tchanan! - a primeira está disponível online!

GAMES - Eu já sabia que "Scott Pilgrim" iria virar filme, mas... game?!? E da Ubisoft?!? O lançamento vai chegar às prateleiras na época do lançamento do longa-metragem - ou seja, pensem em 2010. Eu posso esperar.

***

Quero ler as wishlists de vocês aí também nos comentários abaixo. Sem preguiça, vamos lá!

terça-feira, 25 de agosto de 2009

"DEXTER", ESTREIA DA QUARTA TEMPORADA: UM NOVO VELHO DEX



Vazou. Ou foi vazado pelo Showtime. Quem se importa? "Living The Dream", o episódio de estreia da quarta temporada de "Dexter", é daqueles que superam a expectativa de qualquer fã - e isso é algo a se destacar sempre, pois é o tipo do seriado que, tamanha a qualidade de tudo, sempre acostuma seus espectadores a esperar não menos do que o melhor.

O lance é que, além da saudade do melhor serial killer já retratado num seriado, a verdade é que essa afirmação que encerrou o parágrafo acima ficou um tiquinho abalada na terceira temporada. Não que a história de Dexter com os Prado tenha sido ruim, porque obviamente não foi; mas eu acho que a maior parte do público concorda em que o último ano foi o, hmm, menos excelente. Acho que parte disso pode estar na figura de carisma duvidoso que era o Miguel Prado defendido por Jimmy Smits. Ou então no fato de que Dexter deixou de ser Dexter para ser Dexter & Robin. Mas deixa para lá: como eu disse, seja como for, "Dexter" é "Dexter", o terceiro ano foi bacana... e o assunto agora é a quarta temporada - mais especificamente, é "Living The Dream".

É difícil dizer qual foi o ponto alto do cartão de visitas dessa nova fase de Dexter Morgan. É o tipo da dúvida boa, porque há várias boas respostas, e todas elas convencem. Por exemplo, eu posso dizer que temos Dexter novamente em voo solo, fazendo o que sabe fazer de melhor, em seu ritual solitário de investigar, forrar o plástico em sua cena de crime, injetar o "boa noite, psicopata" na vítima, reunir as fotos de quem ela matou, correr o bisturi em uma das bochechas, dar aquele esporro final... Dexter é Batman: nasceu pra ser um solitário - ao menos no momento em que ele consegue ser ele sem qualquer máscara.

Porém, o outro Dexter - marido e pai - também é um argumento espetacular. O bebê dele e de Rita, Harrison, anda sugando as energias do matador. Dex está satisfeito com seu novo momento? Bom, a adaptação a ele tem sido severa. E saber até que ponto Dex vai conseguir arcar com ela é um mote dos bons pro quarto ano. Uma das consequências já mostrou seu pesar - o acidente de carro na cena final. Dex sobrevive? Claro que não estou falando da capotagem...

E o que dizer do assassino da trindade? O personagem entrou com os dois pés na porta na trama, mostrando saber exatamente o máximo dos requintes da crueldade de um assassinato. É louco, tem uma pinta de Hannibal Lecter e conta com John Lithgow mostrando de cara que vai dar show. E trabalho.

Temos também as tramas paralelas - algumas sem resistir a um bom cruzamento com a principal, como a volta de Frank Lundy. Dexter se aliará a ele? Debra resistirá a ele? Veremos. E sobre romance, surpreendente ver que LaGuerta e Batista andam se entendendo como nunca.

Se fosse para resumir as impressões que tive ao ver "Living the Dream", diria que é um novo Dexter à moda antiga, ou um velho Dexter num novo território. O nome do episódio acerta na mosca ao dizer que o assassino está vivendo o sonho do americano classe média, misturado como nunca à paisagem, mas sugerindo também que, a qualquer momento, sabe-se lá como, ele pode querer acordar. Acordando ou dormindo, cá estou, esperando o 27 de setembro, feliz com a certeza de que, se estiver à altura de seu pontapé inicial, o quarto ano de "Dexter" pode ao mesmo tempo reinventar a série e, ao mesmo tempo, nos dar o que sempre teve de melhor.

VITAMINA!: "HALLOWEEN 2"+BATERA DO RADIOHEAD CANTA+DISNEY DO MAL+ENQUETE...

Peguem o monitor e chacoalhem bem. Agora, virem de uma vez:


TUDO ESTÁ RODANDO NO ESTADÃO!

Yeah! E foi no Link desta segunda-feira. Aí vai:



(Ampliável, claro)


Descobriram? Tá ali, no canto inferior esquerdo, numa matéria sobre produção de blogs. Desconfio que isso seja coisa da Ana Freitas, que trabalha por lá e é autora do espetacular Olhômetro. De qualquer forma, valeu o aviso (e a imagem), Rafa!


PHIL SELWAY SOLTANDO A VOZ!

Sabiam disso? Eu, não. Descobri pelo Stereogum o projeto 7 Worlds Collide, em que Selway toca violão e canta. Vejam e ouçam que singelo:




A simpática música se chama "The Witching Hour". Além do 7WC, parece que Selway está trabalhando em um disco solo. Se assim for, vou conferir.


TRAILER DESCARTADO DE "HALLOWEEN 2": O MICHAEL MYERS DE ROB ZOMBIE PROMETE


Os autores do site Bloody Disgusting - belo nome - puseram as mãos em um trailer de "Halloween 2" que teria sido descartado pela produtora Dimension Films. E o filminho é de abrir o apetite de quem gosta de filme de terror com assassinos mascarados, sobrenaturais e impiedosos:



(Via The Playlist)

"Halloween 2" retoma a história de Michael Myers do fim do primeiro filme, com sua irmã, Laurie Strode, ainda novinha. Nos cinemas americanos no dia 28 de agosto. No Brasil, segundo o IMDB, só chega em - atenção - 15 de janeiro de 2010. Quem aguenta esperar?


E "G.I.JOE", HEIN?


Falando em cinema, ainda não conferi o filme dos Comandos. Opiniões, alguém?


JEFFREY THOMAS E OS PERSONAGENS DISNEY POSSUÍDOS PELO MAL


Jeff é um desenhista especializado em personagens, e seu portfolio online é muito legal - por exemplo, por lá é possível achar desenhos de figuras do universo Disney em situações/leituras bem diferentes das originais. Exemplos? Cliquem e ampliem:






Devo essa ao Neatorama.


NOVA ENQUETE AÍ DO LADO!

Anteontem saiu no Mashable um post sobre o reSTART, primeiro centro de rehab para viciados em internet. Como acontece com a estrondosa maioria dos posts deles, a leitura é recomendada.

A notícia inspirou uma nova enquete no Rodanders, em que vocês são convocados a classificar suas dependências (ou não) em relação à vida online.


DEXTER VOLTOU MATADOR

Por isso mesmo, a volta do serial killer mais fodola da TV mundial na quarta temporada de sua série merece um post só dela. Mais tarde.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

BOBBLEHEADS DE "THE OFFICE": COMO NÃO QUERER TODOS?


(Via Pop Culture Junk Mail)


Uma das séries que mais fazem a alegria dos fãs em matéria de memorabilia é The Office. Os bonecos acima - Pam, Kevin, Stanley e Angela - são apenas alguns da coleção completa de personagens da série em versão bobblehead. Nesse link do Office Tally dá para ver todos eles.

Isso mesmo: a NBC Store já pôs à venda bonecos da grande maioria dos personagens, enquanto os restantes vão em breve estar à disposição. O preço médio é de US$20 - que, claro, encarece no envio ao Brasil.

A sexta temporada de "The Office" estreia na TV americana dia 17 de setembro. E eu mal posso esperar para vê-la inteira. That's what she said.

FRAG DOLLS: JOGADORAS BOAS JOGADORAS

Os caras da Ubisoft têm a manha, e não me refiro apenas à coleção de games já produzida pela empresa - na qual figura títulos como a série dos Rayman Raving Rabbids, por exemplo. Estou falando de um time criado e patrocinado pela companhia francesa composto apenas por maníacas por videogame. É isso aí: maníacas. Elas se chamam Frag Dolls.


Brookelyn e Fidget: elas amam estar no controle



As Dolls, que existem desde 2004 e que já tiveram uma "divisão" britânica, hoje só são representadas nos EUA. Ao todo, são nove garotas - a maioria não corresponde ao estereótipo que qualquer um possa preconceituosamente imaginar para uma gamemaníaca. Simpáticas e, erm, vistosas, elas participam de campeonatos mundo afora e promovem os games da Ubi por aí. Não é uma boa sacada?

Spectra (nome verdadeiro: Anne Marie Sackley) e Fidget (Lanai Gara, a moreninha da direita na foto acima) foram as duas últimas a entrar para o grupo - escolhidas após uma seleção que contou inicialmente com 90 garotas e que teve a grande final na E3, maior feira de games do mundo. Um videozinho com as finalistas:




Na página oficial do grupo, cada Doll tem um blog e, claro, sua galeria de fotos e vídeos. Segundo Morgan Romine, a Rhoulette, líder das Frag Dolls, para entrar no time não é preciso ser bonita. Eu duvido da afirmação, mas ao mesmo tempo não dá pra dizer que é tudo pose - Fidget, por exemplo, chegou a ser #1 do ranking de "Call of Duty: World at War". Quem aí não adoraria tomar uma surra delas?

sábado, 22 de agosto de 2009

HOJE, AO VIVO E ONLINE: DESCOLAGEM #4 FALA DE CULTURA DA CONVERGÊNCIA




Acontece hoje às 15h aqui no Rio a quarta edição do Descolagem, evento sobre tecnologia, informação e criação. O tema da vez é: "O impacto da cultura de convergência no entretenimento e na educação". Bacana? Pois é ainda melhor do que parece ser!

Para falar do assunto, Beto Largman, jornalista, blogueiro e organizador do Descolagem, convidou três especialistas em transmedia storytelling, narrativas desenvolvidas em diversas plataformas ao mesmo tempo (TV, internet, livro, celular, jogos de realidade alternativa etc.): Mark Warshaw (roteirista, produtor de "Heroes" e um dos criadores de "Heroes: Evolutions"), Geoffrey Long (escritor, designer e pesquisador do MIT) e Maurício Mota, consultor de projetos de convergência.

Warshaw, Long e Maurício não só falarão do assunto como irão conduzir uma experiência de storytelling via SMS da qual todo mundo poderá participar - inclusive os que estarão acompanhando tudo de casa, conferindo a transmissão ao vivo em áudio e vídeo por esse link aqui. Os participantes da experiência vão participar do sorteio de um dPod: um iPod Touch 8GB customizado com uma skin relacionada ao Descolagem e com todo o conteúdio das três Descolagens anteriores em vídeos, fotos e textos. Cool!

Sei que o aviso foi tardio - mau sapão, mau sapão -, mas nos próximos Descolagens eu faço o anúncio com antecedência maior, dando também a dica de quem quiser acompanhar gratuitamente o evento. Mas em compensação agora você já sabe o que fazer no miolo desse sabadão.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

PODCAST TUDO ESTÁ RODANDO #23

LMFAO, uma das melhores coisas que ouvi neste ano, o neo-glam rock do Smith Westerns, a ótima Chew Lips e um bloco temático indignado com a ladronagem! Aqui:








Está com problemas com o player acima? Ouça o podcast neste link direto! Segurem aí a tracklist:

LMFAO - "Yes"
Smith Westerns - "Girl In Love"
Chew Lips - "Salt Air"

The Clash - "Police & Thieves"
The Jam - "Thick Like Thieves"
Chico Science & Nação Zumbi - "Da Lama ao Caos"

Para opinar, criticar, elogiar, sugerir blocos temáticos, bandas, canções ou conversar a respeito de tudo o que roda no Rodanders basta escrever para o tudoestarodando@gmail.com.

CALVIN HARRIS E O SIMPÁTICO CAÔ DO SINTETIZADOR HUMANO

É malandro, esse Calvin Harris. Para promover seu novo disco, "Ready For The Weekend", ele fez este vídeo para a música homônima, juntando 15 garotas de biquíni num projeto que chamou de "Humanthesizer" - um sintetizador humano composto por palmas pintadas, com coxas e peitos de bônus:



(Via BigStereo)


Quando o pus neste post, o vídeo do falso synth já somava exatas 689898 exibições. And counting. E funciona também porque a música parece legal. Também.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

EU JÁ ENTREVISTEI O SERGUEI

Já é um clássico: uma vez por ano, o Serguei marca presença no Programa do Jô. Ontem foi uma delas. Perdi ao vivo, mas um trecho da conversa está aqui:








Toda vez que eu esbarro com o Serguei na TV, imediatamente lembro da vez em que o entrevistei - e foi sem querer. Quer dizer, mais ou menos. O ano era 2005, e eu era produtor/repórter de um programa de surfe. Estávamos eu e o cinegrafista chegando no meu carro em Saquarema para a cobertura de uma das etapas do SuperSurf, o campeonato brasileiro de surfe, quando eu passo ao lado de uma casa espalhafatosa pra cacete. Ao ver a placa na frente dela - "Templo do Rock" -, parei o carro na hora. Falei pro cinegrafista que era a casa do Serguei, e que tínhamos que entrevistá-lo.

Na porta da casa, bati palmas, mas ninguém respondeu. Perguntei pelo Serguei numa vendinha que fica na frente do templo, e um cara me disse que ele tinha ido à padaria. Daqui a pouco, vem ele, de camiseta preta, calça jeans, descalço e acompanhado de cinco cachorros. Topou a entrevista na hora.

Não me lembro exatamente como foi a conversa, em que falamos sobretudo de Saquarema, já que o trecho do depoimento dele entraria em uma matéria sobre o palco da etapa do campeonato; mas me recordo de algumas coisas. Essas aqui:

- Em umas imagens que fizemos dele pelos jardins da casa, Serguei desfilava pelas árvores, mordia as flores, jogava beijos e... dava cambalhotas. E ver um senhor de mais de 70 anos dando cambalhota sem ser o Carequinha me assustou;

- No começo do papo, eu tive um certo cagaço de me aproximar de Serguei, porque sei que ele pode ser, err, perigoso. Fiz certo: mesmo mantendo uma distância regulamentar, ele tentou dar um beijo na minha bochecha. Dei um pulo e me distanciei mais ainda, enquanto ele ria, dizendo que "o repórter era careta";

- Na garagem da casa, Serguei tem uma espécie de home theater, com caixas de som, dvd e tevezona. Até então, não conseguia imaginá-lo apertando um botão de controle remoto;

- O "Templo do Rock" é uma casa até grandinha (pra uma pessoa só), tem vários cômodos fedendo a mofo - alguns com cheiro de incenso mas nenhum tinha cheiro de erva;

- E é claro que ele falou de Janis Joplin. Se não me engano, ela também esteve em Saquarema... e esqueceu umas roupas na casa do Serguei. Tem o pé de uma bota pendurada pelo cadarço em uma parede do "Templo".


***


Não imagino ninguém saindo de casa para ir ver Serguei e sua casa, mas ambos valem ser conhecidos por quem for a Saquarema... já que nunca sabemos quando a criatura voltará ao seu planeta de origem.

TEST DRIVE: YOGGI

Quem já provou Yogoberry sabe que é bom demais, mas agora posso dizer: o Yoggi não fica muito atrás não. Nesta quarta, abriu uma filial da loja de frozen yogurt no shopping em que trabalho e lá fui prová-lo.

Frozen yogurt é aquela coisa: sabor e consistência. Parece não ser mistério pra ninguém, mas tem gente que consegue acertar em um apenas, e isso quando não erra em ambos. Yoggi acerta nos dois. Disponível em dois sabores - natural e Chambinho jabuticaba -, o quase-sorvete vai bem, mas podia ter mais acompanhamentos (como calda quente de maçã com canela) e, especialmente, servidos de forma mais generosa. A variedade é ok mas, a exemplo do concorrente maior, a turma economiza na hora de calibrar nos toppings - aquelas coberturas (frutas, chocolate, caldas etc.) que complementam o iogurte. Tsc.

Apesar de satisfeito, saí da loja recém-inaugurada sem provar o que a RP de lá disse ser o pulo do gato deles: o Yoggi Blend, preparado em uma máquina que mistura o iogurte aos toppings que você escolher, fazendo uma argamassa irresistível. Acho que vou provar hoje.

O preço é aquela coisa: R$8 no tamanho médio, R$2 por três toppings. E eu garanto que, caso você queira apenas lanchar, com R$10 você resolve sua fome, sem culpa de estar se entupindo de junk food. Vá sem medo.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

NOVO PLAYSTATION 3: MAIS BARATO, FINO E ECONÔMICO

Faço coro com meu amigo Pedro Giglio: ainda bem que não comprei meu Playstation 3 antes. A Sony revelou como será o novo PS3, e o aparelho vem com boas vantagens em relação ao seu antecessor. A começar pelo tamanho, 2/3 menor do que o original:


O da esquerda é trambolho, mas o da direita
cabe no rack da sala de qualquer mortal



Segundo o Link, tem mais: o novo PS3 consome bem menos energia, será mais silencioso e - o melhor de tudo! - mais barato, saindo a US$300.

O novo Playstation 3 virá ainda com HD de 120GB, saída HDMI, mas - péeen - não rodará jogos de PS2. Custava?

O aparelho chega às boas casas do ramo - nos EUA, lógico - a partir de setembro.

"TRUE BLOOD", EPISÓDIO 9, SEGUNDA TEMPORADA: O PRENÚNCIO DE NOVAS BATALHAS E UM BELO ADEUS

Uau. "I Will Rise Up" começou explosivo e terminou incendiário - claro que literalmente, mas em qualidade e falando de acontecimentos a coisa não fica tão diferente. Novamente, foi muito bom. Pudemos ver enfim a AVL dando as caras e se mostrando tão burocrata e hipócrita como qualquer outro partido político, Eric deixando cada vez mais claras suas intenções diante de Sookie, uma bela conversa entre os irmãos Stackhouse, a doçura do amor de Hoyt e Jessica...

Ah, e Maryann também - nem sempre de um jeito tão legal assim. Mas acho que essa história engrena a partir deste próximo episódio. Que tal uma brigada Sam-Lafayette-Andy-Bill-Sookie-Jason contra a mênade e seus zumbis?

Enquanto isso tudo não chega, aí vão os tópicos com meus comentários, feitos ao longo do episódio:


- Eric protegendo Sookie, e Bill de volta à barbárie. A odiosa Lorena teria adorado. Rock!

- Excelente Sookie dando uma de vampira em Eric. E pra quem vê "Lost", vale a comparação: quem lembra de quando Sawyer pediu um beijo de Kate na primeira temporada para devolver os inaladores (fictícios) de Shannon?

E o dia da porrada de Bill e Eric por Sookie se aproxima...

- Diabéticos não podem ver as cenas de Hoyt e Jessica.

- O diálogo de Tara, Eggs e Maryann começou patinando, mas até que se acertou.

- A conversa de Sookie e Jason foi importante para a história. Há tempos os irmãos andavam longe um do outro, e depois de tudo o que aconteceu, esse laço precisava ser refeito.

- Rima do dia: "There`s a witch and a son of a bitch" ("Há uma bruxa/e um filho da puta"). Jason ganha mais pontos.

- Arlene e Terry são muito esquisitos juntos - e isso é bom.

- Lafayette vs. Eggs: vocês apostariam em quem? Com ou sem olho preto, o violeiro tomaria uma coça de Lafa.

- Isso aí: ponha sua mãe no devido lugar, Hoyt! E ela parece a Mimi de "The Drew Carey Show".

- Já estava estranhando uma sequência tão longa de episódios sem mostrar os seios de Anna Paquin.

- Juro que, desde que vi Sam Merlotte enjaulado, pensei que ele poderia se tornar uma formiga e fugir dali; e a mosca mostrou-se uma opção ainda melhor.

- Hoyt, deu mole. Tava na cara que sua mãe iria fazer isso com a garota.

- Como queríamos demonstrar, Lafayette deu mesmo a coça em Eggs. E as cenas do núcleo Maryann que tratem de melhorar...

- Gostei bastante da reunião da chefona da American Vampire League com os envolvidos no imbroglio. Burocrata tão irritante quanto Newlin. E Godric é puro carisma.

- Maryann invadindo o bar foi maneiro. Todo mundo ficando de olho preto foi maneiro. "Tragam-no pra miiiiiiiiiiim" não foi maneiro.

- Natural Sam procurar Andy, mas o policial não era pra estranhar a nudez do dono do bar?

- Como eu disse, esse mal-estar Bill/Eric não vai se resumir num soco.





- A sequência final de Godric com Eric foi excelente - notaram como os vampiros não têm mesmo demonstrações efusivas de afeto, ainda que numa despedida? E depois, do vampiro milenar com Sookie conseguiu ser ainda melhor, num belo diálogo sobre Deus e humanidade. E uma pena que um dos vampiros mais bacanas da série tenha partido desse jeito.

***

Estou quase na metade de "Living Dead in Dallas". No livro - pelo menos neste momento em que me encontro -, Godric é um vampiro que resolveu se voltar contra sua espécie, planejando seu suicídio. Segundo as investigações vampirescas, ele pode estar por trás do sequestro de um outro vampiro, chamado Farrell.

E se Godric não é chefão de nada, quem dá as cartas em Dallas é Stan - que, por sinal, é bem diferente do vampiro cowboy de "True Blood". Na obra de Charlaine Harris, Stan é um nerd. Estranho, não?

Devo dar uma boa avançada na leitura até o episódio 10. Afinal, o projeto era o de tentar "empatar" livro e série - e faltam só três episódios para a segunda temporada de "True Blood" se despedir e deixar os fãs chorando sangue, loucos pelo terceiro ano...

terça-feira, 18 de agosto de 2009

"ZOMBIE GIRL": A SAGA DE UMA CINEASTA PRECOCE E SEU FILME DE ZUMBIS



Vocês têm exatos dois - dois! - dias para assistirem a "Zombie Girl". Não se trata de um filme de terror, mas sim de um documentário dirigido por Justin Johnson e Aaron Marshall sobre Emily Hagins e sua luta para fazer "Pathogen", seu primeiro longa-metragem como cineasta. Detalhe: Emily só tem 12 anos.





Para levar seu projeto à frente, ela conta com a ajuda dos pais, Jerry e Megan - sobretudo da mãe, uma espécie de faz-tudo da produção mambembe. O doc fala do início da paixão de Emily pelo cinema - especialmente por Peter Jackson e a série "O Senhor dos Aneis" -, mostra os bastidores das gravações de "Pathogen" e, dois anos após ter sido escrito, sua pré-estreia. No meio de todo esse trajeto, Emily Hagins conseguiu o apoio e despertou a curiosidade de gente como o próprio Jackson e Harry Knowles, autor do blog Ain't It Cool News e espécie de Yoda do universo nerd.

Indo além de um simples registro de uma cineasta precoce, "Zombie Girl" me lembrou em diversos momentos o espetacular "Rebobine Por Favor"/"Be Kind Rewind". Assim como na história do filme de Michel Gondry, o projeto de Emily Hagins é movido a romantismo em estado puríssimo - do tipo que nos leva a torcer pela garota desde sempre.

De novo: "Zombie Girl" está disponível em streaming neste link aqui do SnagFilms até o dia 20 de agosto, também conhecido como "depois de amanhã". Pros que amam cinema, serão 91 minutos muito bem investidos. Valeu por mais essa, Pop Candy.

VITAMINA!: FLASH+FLASHDANCE+PLÁGIO DE "TRUE BLOOD"+SCOOBY-DOO ENCONTRA BATMAN...

Eu misturei, vocês bebem:


PLÁGIO DIABLOLICO?



Vejam vocês que coisa feia:





O pôster da esquerda, cartaz da primeira temporada de "True Blood", é o original; e o da direita é o de "Jennifer's Body", novo filme de roteiro assinado por Diablo Cody ("Juno"), estrelado por Megan Fox e com estreia marcada para 23 de outubro.

E depois reclamam de cópias ilegais...


SCOOBY-DOO ENCONTRA BATMAN... EM DVD


Ainda sobre vergonha alheia, o site Melhores do Mundo me apresenta a um desenho que, se vi na infância, meu cérebro competentemente tratou de deletar: um crossover de Scooby-Doo com Batman. É (absurdo) assim:




Confesso que, em nome do carinho e do respeito que tenho pelos dois personagens, não assisti ao vídeo acima, tendo visto apenas cenas - e pra mim foi mais do que o suficiente. Segundo o MdM, a bagaça será lançada em DVD agorinha, no dia 10 de setembro. Pelo bem do imaginário de várias gerações, vocês já sabem o que fazer com esse disquinho.


DUAS PAIXÕES NUMA MESMA MÁQUINA


Jogar games clássicos e tirar um chope gelado no mesmo aparelho? Agora é possível:





Este quase pedaço de paraíso encaixotado se chama Arkeg - Arcade + Keg(barril) -, une 104 games clássicos a um barrilete de 5l de chope com serpentina e custa a bagatela de US$4.000. Dica do Neatorama. Aproveitem a baixa do dólar!


OLHA, MÃE! SEM AS MÃOS!

Da série "será que funciona mesmo?":





Como informou o LikeCool, a novidade está à venda na Amazon Japan por 2499 ienes - aproximadamente 26 dólares. Rihanna curtiria.

WHAT A FEEEEEELING...


Para o delírio de nostálgicos oitentistas e desespero de fãs ortodoxos dos quadrinhos, o designer Ian Summers se saiu com essa proposta de desenho para uma camiseta da Threadless, como me mostrou o Popped Culture:






Curtiram? Venham aqui votar então. Eu apóio. Tudo pela galhofa!

E por falar em camisetas, aguardem uma novidade sobre isso pra breve.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

PRÊMIO MULTISHOW 2009: COBERTURA DO BLOG!




É o seguinte: neste ano, a organização da premiação resolveu convidar alguns blogueiros para cobrir o evento - que acontece nesta terça, 18, a partir das 21h45 - e eu fui um dos escolhidos!

Por isso, quem quiser acompanhar o prêmio pela TV e quiser saber a minha visão dos fatos ou conferir o que as câmeras não pegam -\, como o que rola nos intervalos - basta ficar ligado no velho, bom e infalível Twitter do Rodanders. E no dia seguinte devo postar alguma coisa sobre o eveeeinto também.

UMA HOMENAGEM AO QUARTETO DE "THE BIG BANG THEORY"

Sheldon, Leonard, Raj e Howard. Há tempos que os nerds de "The Big Bang Theory" formam meu quarteto favorito da ficção; por isso, toda homenagem que eles receberem é mais do que justa. E acaba de rolar uma bacana, como avisou Whitney Matheson, a Pop Candy: na edição #4 da Power Girl, que estará nas bancas americanas nesta terça, 18. Vejam que bacana:





Até nas HQs Howie é sacaneado pela mulherada...

Ah, e a nova temporada de "The Big Bang Theory" estreia dia 21 de setembro na TV americana. Vamos ser resistentes pois está chegando!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

PODCAST TUDO ESTÁ RODANDO #22

Nesta edição, a novissima do Radiohead, a revelação soul Mayer Hawthorne e um bloco com músicas ao vivo de bandas vêm ou que devem vir ao Brasil em breve:








Está com problemas com o player acima? Ouça o podcast neste link direto! E abaixo, a tracklist:

Radiohead - "These Are My Twisted Words"
Mayer Hawthorne - "Your Easy Lovin' Ain't Pleasin' Nothin'"
Addeboy vs. Cliff - "Beep My Beep"

Faith No More - "Be Agressive"
Jane's Addiction - "Been Caught Stealin'"
Depeche Mode - "Personal Jesus"

Para opinar, criticar, elogiar, sugerir blocos temáticos, bandas, canções ou falar de tudo o que diz respeito ao Rodanders, Então escrevam para o tudoestarodando@gmail.com.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

A PAIXÃO DOS ANOS 00 PELOS 80 EM UM CLIPE

A tchurma descolada do underground-electro-nu-disco ama a estética/temática 80s. E talvez o clipe abaixo seja o símbolo que resume melhor esse fascínio: "Surfin`/Body in the Water", do Memory Cassette", dirigido por Pat Vamos:




Acreditem: é coisa nova. E estranhamente atraente, do tipo que você quer ver até o fim - embora a primeira parte seja 3498576 vezes mais divertida e menos conceitual-cabeçona. Pra abrir qualquer filme da CIC vídeo.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

"TRUE BLOOD", EPISÓDIO 8, SEGUNDA TEMPORADA: SERES SUPERIORES, SERES INFERIORES

"Time Bomb" foi memorável, e com certeza já figura nos Top 5 episódios de "True Blood". Falo mais dele em tópicos - que, como sempre, escrevo enquanto assisto ao episódio. Lá vai:





- Godric bem gente fina, não? Ao menos num primeiro momento. E interessante o fato de ele precisar cada vez menos de sangue - quase uma entidade vampiresca...

- Sarah Newlin fez o termo "paintball" assumir um significado bem mais dolorido. E a burrice de Jason provou no momento "o que Judas fez com você" que pode ser bastante divertida!

- Pode ser exagero, mas enxerguei uma certa influência de Star Wars quando Eric diz a Sookie que a paixão de Bill por ela o cegaria a ponto de matar todos ali. Anakin-Amidala, alguém?

E Eric na sequência "Não use palavras que você não entende/Não use palavras que não entendo" foi excelente!

- Sookie e Eric: uma dupla bacana.

- Steve Newlin, metido em um terno branco. O que pode ser mais irritante?

- Já sei: Lorena. Excelentes as porradas que Bill deu nela.

- "O que você escutou foram gemidos de prazer". A frase de Hoyt resume bem o tipo de humor que "True Blood" consegue oferecer a seus fãs.

- Lafayette também joga tarô?!? O que Lafa NÃO faz, afinal?

- Jason Stackhouse, o exército de um homem só.

- Voltando a falar de influências, Maryann uma espécie de Mola Run? Quem não entendeu, que corrija uma falha grave e vá ver "Indiana Jones e o Templo da Perdição"...

- Muito boa a cena da cozinha maravilhosa da mênade.





- Melhor ainda foram os vampiros de Dallas adentrando o santuário. Quentin Tarantino, Robert Rodriguez, western spaghetti, tá tudo ali!

- Na semana passada, comparei Godric a Damien, de "A Profecia"; mas na cena em que ele surge no templo, me lembrei na hora de Isaac, o moleque de "A Colheita Maldita".

- Pra não dizer que não falo mal, a mancha na testa do Steve Newlin ficou mais fake do que Q-Suco.

- Ciúme de Eric, Bill? Só percebeu agora?

- E com a frase "Acho que já fui para o céu, e era dentro de sua esposa", Jason Stackhouse levou o prêmio de melhor jogador desta partida.

- Porém, devo dizer: Andy Bellefleur tá no pódio também.

- Outra cena legal foi a do suflê de Maryann. Quando Tara descobrir o ingrediente especial da iguaria...

- Jason, cheio de moral com Godric. E o que dizer de Eric interagindo com o talvez-quem-sabe-cunhado?

- Ok, Sookie, seja razoável: já que você sabe que Bill já arriscou sua vida ao sol para salvar a sua, não encha o saco dele com o atraso. Ok, Bill, explique a ela por que raios você demorou e evite aborrecimentos.

Ok, Eric, celebre a D.R.

- O hímen eterno de Jessica Hambly. Qualquer nota!

- Porrada entre Bill e Eric por Sookie é questão de tempo. Façam suas apostas.

- Qual a diferença entre as polícias do Rio de Janeiro e a de Bon Temps?

- Mike ou Serguei?

- Ri pra cacete do desconforto de Bill diante do abraço de Jason. E o certo embaraço rolou também por conta do linguajar do irmão de Sook. Lembrem-se: Compton é um vampiro antiquado.

- A conversa de Godric e Eric pode ser o impulso que faltava para o dono do Fangtasia, a exemplo de Bill, tentar reaver seu lado humano através de Sookie.

- "True Blood" também erra, parte 2: a rasgada de camisa de Eggs foi uma das coisas mais constrangedoras do mundo dos seriados.

- Lorena, convocada novamente por Eric, na hora que ele escoltou Hugo? E o passa-fora de Yod...quer dizer, Godric, foi providencial.

- Luke McDonald, que bucha. E que mal maior pode causar uns pedaços de prata amarrados a seu corpo? O gancho não me deixou preocupado, mas curioso. Semana que vem está aí pra mostrar o que será...

* * *

Episódio bom para cacete, mas ainda faltam quatro pra temporada acabar. Para onde vamos agora?

terça-feira, 11 de agosto de 2009

FAITH NO MORE NO BRASIL: CONFIRMADO!



Quem escolheu a banda na enquete sobre a banda que deveria vir ao Brasil deve estar feliz: em seu Twitter, o tecladista Roddy Bottum confirmou a vinda do grupo ao país.

Segundo Bottum, o show será no dia 7 de novembro no Maquinaria Festival, evento que acontecerá em São Paulo, e os ingressos começam a ser vendidos dia 14 de agosto no Ingresso Rápido - custando a partir de R$200, segundo o G1.

E mais: no Popload, Lúcio Ribeiro contou que outras duas bandas americanas vêm a reboque: Jane's Addiction e Deftones... Gostei da primeira, pouco ligo pra segunda.

Agora, será que os produtores vão dar o mole de não levar os caras para outras capitais? Duvido. E se vierem ao Rio...

VITAMINA!: TÊNIS DE COBRA+O MICO DO INFORMATION SOCIETY+NOVOS DUNNIES...

E lá vamos nós...


COBRA NOS PÉS

Em sintonia com a chegada de "G.I. Joe - The Rise of Cobra" aos cinemas - ainda não vi, mas verei e comentarei aqui, podem deixar -, a Nike está lançando lá fora três modelos de tênis inspirados nos Cobra. Esse aqui é o de Storm Shadow:





Tem também os modelos de Cobra Commander e do Destro - que vocês veem aqui, neste link do i09 -, mas garanto que o daí de cima é o mais legal. O preço para carregar as forças do mal nos pés é pesado: 159,99 dólares o par - o que deve dar para comprar uns 10 bonecos dos Comandos em Ação originais. Dica do Ian.


O CÚMULO DA VERGONHA ALHEIA

Felizmente, um bom número de bandas e músicos sabem envelhecer, enquanto outros, que sempre foram aquela coisa maisoumenos - com muita boa vontade - sequer conseguem melhorar. Em turnê pelo Brasil, o Information Society deu aquela passadinha no Faustão, para passar em rede nacional o atestado de ruindade em performances ao vivo.

Vejam se é exagero meu:







Nessas horas, me lembro de um ex-chefe meu, que usaria para o InSoc um adjetivo nada mimoso: "vomitível".


FÃS DE DUNNY, SE LIGUEM NA NOVA SÉRIE!


Vem aí mais uma fornada dos estilosos coelhos de mesa. E pela foto divulgada pela revista online da Kid Robot, a nova coleção será de alto nível:





Estes e outros leporídeos de vinil baixam nas prateleiras americanas a partir de 10 de setembro a US$7,95 cada. Quem for pra lá ou estiver lá na época que deixe-se imbuir de um precoce espírito natalino e se lembre do cara aqui.


GALERIA DOS RODANDERS DO RODANDERS

Os seguidores deste blog agora tem seus rostos/avatares devidamente estampados na coluna da direita. Siga o blog e seja um também!


FANTASIA DE AT-ST NA COMIC-CON!


Essa não virou post de ressaca da Comic-Con porque não fui eu que filmei, muito menos vi. Mas queria muito ter visto ao vivo. Com vocês, um fulano trajado como um At-St de "Star Wars", para delírio dos nerds em San Diego:





Essa veio do Super Punch. E quando eu digo que a Comic-Con é mesmo surpreendente...

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

TWITTER GANHA LIVRO COM LANÇAMENTO ONLINE... E GRÁTIS!





A agência Talk acaba de lançar o e-livro "Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre o Twitter", de Juliano Spyer. São 110 páginas em que o autor dá dicas e aponta caminhos para a utilização do Twitter em todo o seu potencial - ou seja, como canal de negócios, para a cobertura de eventos, canal de comunicação empresarial etc... E outro detalhe bacana é que a obra é 100% grátis!

Aqui você tem os links para download da obra e também acompanha um bate-papo sobre o Twitter. Excelente dica em dose dupla do Miza e do Thales!

domingo, 9 de agosto de 2009

O MACBOOK DOS SONHOS

Nesta última semana, a Apple anunciou que está desenvolvendo um Tablet, que pretende lançar no começo de 2010. Pense numa espécie de iPod touch gigante. É por aí.

Aproveitando a deixa, o Mashable fez um post mostrando as paródias e protótipos de tablets da Apple e Macbooks lançadas na internet. E a do designer Tommaso Gecchelin é de babar. Ele imaginou um laptop que pode ser usado em diferentes posições e formatos. Vendo as imagens dá pra entender melhor a (ótima) ideia. Cliquem e ampliem:






Acho que, mais cedo ou mais tarde, esse projeto - ou algo bem semelhante - sai do Photoshop para as Apple stores. Genial.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

"ZOMBIELAND": O FIM ESTÁ PRÓXIMO...

Eu nunca pus por aqui o trailer deste filme, que chega mostrando Woody Harrelson combatendo a dominação zumbi, certo? Aí vamos:





Queria muito ter ido ao painel do filme na Comic-Con, mas não rolou. Porém, vai rolar resenha por aqui, lógico. Todos papando cérebros em outubro nos melhores cinemas.

PODCAST TUDO ESTÁ RODANDO #21

O podcast voltou! E que retorno: além da nova do Muse, a 21ª edição vem com bloco temático em homenagem a John Hughes, com três músicas que foram trilhas de cenas clássicas de filmes dele. Ouçam:






Quem estiver com problemas com o player acima é só ouvir através deste link direto! E abaixo, a tracklist:

Muse - "The Uprising"
Monsters of Folk - "Say Please"
Friendly Fires - "Lovesick"

Simple Minds - "Don't You (Forget About Me)"
Oingo Boingo - "Weird Science"
Beatles - "Twist and Shout"

Querem opinar, criticar, elogiar, sugerir blocos temáticos, bandas, canções ou falar de tudo o que diz respeito ao Rodanders? Então escrevam para o tudoestarodando@gmail.com. Oooooooooooh, yeah!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

MORREU JOHN HUGHES. VIVA JOHN HUGHES!

Notícia triste no começo da noite desta quinta: morreu John Hughes, cineasta de, entre outros sucessos dos anos 80, "Curtindo A Vida Adoidado" ("Ferris Bueller's Day Off") e "O Clube dos Cinco" ("The Breakfast Club"). E o cara que apresentou Ferris Bueller e Molly Ringwald a mim e a tanta gente não podia ficar sem ser homenageado aqui.

Abaixo, um clipe com cenas de alguns de seus filmes mais famosos e memoráveis. A música não podia ser mais apropriada: "Baba O'Riley", do The Who, também conhecida como "Teenage Wasteland".


SEX TAPE DO SUPER MARIO E DA PRINCESA PEACH

Aproveitando a febre (caseira) de Super Mario Kart, bem... eu joguei Super Mario Bros. 1 e 3 no meu saudoso Nintendinho e nunca consegui acessar esse final alternativo:





Como a abertura não deixa mentir, a paródia é da galera do College Humor, e os segundos finais são os mais maneiros. Yoshi, quem diria...

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

"TRUE BLOOD", EPISÓDIO 7, SEGUNDA TEMPORADA: AMOR E GUERRA

E "True Blood" só melhora. "Release Me" inaugurou a metade final da segunda temporada com direito a voo, ritual interrompido, vampiros se entregando... Os comentários em tópicos:


- Voa, Sam! Quem diria que o dono do Merlotte seria salvo das garras - literalmente - de Maryann por dois (outros) animais: uma coruja...e uma besta.




Se não identificaram a segunda, atende pelo nome de Andy Bellefleur - que, se não foi totalmente competente, ao menos deu uma dentro. Lettie Mae diria: "Aleluia!"

- Notaram algo, err, sugestivo no flashback de Bill em 1935? Se não, deem outra olhada:





O livro que ele lia era sobre monstros e criaturas gregas, antecipando em minutos um pouco do que Daphne contaria a respeito de Maryann para Sam.

- Eric entregando o jogo sobre Sookie na vigília à sede da Irmandade do Sol...

- Sarah, freak pós-sexo. Suspeito de que tudo seja uma armação muito da estranha...

- Falando em armação, Lorena, chamada por Eric para conter Bill? Nórdico jogando sujo detected.

- Jessica ainda mais bonita na cena do papo sobre virgindade com Hoyt. De pôr Sookie e companhia no chinelo.

- Em seu discurso de não-misericórdia, Eric me lembrou do Cobra Kai de Karate Kid. Sensacional! E pela primeira vez o vemos vertendo lágrimas de sangue...

- Maldito Hugo! E o discurso e as motivações foram muito razoáveis.

- Muito bom Andy Bellefleur contando sobre a suruba de Maryann ao xerife!


- Muito esclarecedora a conversa entre Daphne e Sam. Então, metamorfos e outros seres sobrenaturais são imunes ao controle de Maryann? Será que o mesmo pode ser dito a respeito de Sookie e sua imunidade ao domínio dos vampiros?


- E enfim a verdade sobre Maryann! Tudo bem que eu já sabia, pois isso é esclarecido logo no começo de "Living Dead in Dallas", o segundo livro de Charlaine Harris...

- Entrar para o acampamento caça-níqueis dos Newlin: US$15 mil. Ver Jason dando umas porradas no Gabe: não tem preço.

- Jason, seu burro! Tomou um balaço de Sarah. Agora, só bebendo sangue de vampiro pra se recuperar. Ou melhor seria dizer sangue de cunhado?





- Lafayette está de volta: saudável, desbocado, traficando V e cantando o namorado da prima. E também dando um conselho certeiríssimo sobre ele para Tara.

- Adeus, Daphne. Agora, por que não Karl, mas sim Eggs para matá-la? De qualquer forma, tá mostrada a utilidade do ex-delinquente para a mênade...

- Lorena é a prova: seja humana ou vampira, não queira lidar com uma mulher de coração partido.

- No fim, Godric salvando Sookie de Gabe. E não dá pra negar: o cara parece um Damien dos vampiros. É o puro suco da maldade.

***


Algo mais a acrescentar, fangbangers?
Related Posts with Thumbnails