quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

ILEGÍTIMO, COM MUITO ORGULHO

O time campeão de 1987: Flávio, Betão, Estevam, Marco Antônio e Zé Carlos Macaé; Rogério, Ribamar e Zico; Robertinho, Nando e Neco
















No dia em que diversos clubes tiveram títulos reconhecidos como Brasileiros em cerimônia da CBF, foi também notícia a indiferença da entidade com o Brasileirão conquistado pelo Flamengo em 1987. Oficialmente, para a confederação presidida pelo capo Ricardo Teixeira, segue o Sport Recife como campeão.

Como Rubro-Negro, um dia eu quis esse reconhecimento. Mas depois de tantos anos vendo a CBF fazer sujeirada em cima de sujeirada - sobretudo quanto a essa novela da Copa União de 1987 -, hoje penso justamente o contrário.

O Flamengo é um clube do povo, surgido do povo, e sua força maior, que construiu sua fama internacional e ajudou a encher nossa sala de troféus, vem justamente das arquibancadas. O Flamengo sempre se criou na improbabilidade, no menosprezo alheio, crescendo quando menos se esperava. E todos nós, torcedores, nos orgulhamos muito disso.

Por isso, por que nós teríamos que lutar pelo reconhecimento da CBF, representante legítima de tudo o que o Flamengo combateu e combate, quando os que testemunharam aquele campeonato - e que de fato importam - sabem devidamente o que aconteceu no campo, na bola? E o melhor: em um torneio que reuniu não só os melhores times, mas seus respectivos clubes, unidos por estarem de saco cheio da incompetência da Confederação Brasileira de Futebol, organizando um campeonato altamente competitivo, sem gorduras nem engodos? O Flamengo venceu esse campeonato, mas para a CBF, foi outro torneio.

É isso. Um outro torneio. Em se tratando de 1987, que o Sport Recife continue como o campeão reconhecido e aclamado pela CBF, e o Flamengo como o vencedor bastardo. Mais emblemático, impossível; mais importante para a nossa torcida, também não. Que continue assim, pelo bem da história. Por justiça.

11 comentários:

Anônimo disse...

Como é ridículo ficar se enganando em amigão. Esse título só existe na cabeça doentia dos flamenguistas ignorantes. Digo isso porque não são todos, conheço muitos que admitem a soberba em menosprezar o Sport pensando que iria ganhar no tapet ão.

Acorda, você não tem mais idade de ficar com esse pensamento de moleque. Respeite a justiça brasileira que deu o titulo com todos os méritos para o clube que não fugiu do campo.

Carlos Alexandre Monteiro disse...

Ler de um anônimo o conselho pra não ter "pensamento de moleque" é ouvir do Jô Soares que eu preciso fazer dieta.

Abraços e Saudações Rubro-Negras!

Dani Souto disse...

Eterno Rodman!

O que vem da CBF há muito tempo não tem o meu respeito.

Quando penso em um time que ganhou dois campeonatos em um ano só, como foi o Palmeiras, vem a minha gargalhada com essa historia ridicula.

Enfim, só mais debate para dar a CBF o ibope que ela não em por sua competência.

Bjs Querido!

Julio Cesar disse...

Esse anônimo aí é outro cuzão putinho pq o amigo blogueiro foi categórico e traduziu com maestria o pensamento dos rubro negros.

Que o "reconhecido" pela CBFarsa seja o insignificante genérico pernambucano, e que o campeão rebelde continue sendo o indomável Flamengo!

SRN e parabéns pelo belo post

Eric Marx disse...

"(...) é um clube do povo, surgido do povo... sempre se criou na improbabilidade, no menosprezo alheio, crescendo quando menos se esperava. E todos nós, torcedores, nos orgulhamos muito disso." Tem razão, blogueiro: o Vasco é foda!

Carlos Alexandre Monteiro disse...

Julio, estamos juntos! Saudações Rubro-Negras e parabéns pelo Flamengo.Net!

Eric, acho que você queimou a largada do Natal, esvaziando sua garrafa de sidra antes da noite...Heheh! ;)

abraços!

Felipe Playmobil disse...

- E ninguem cala, esse chororo.

Sandro Neto disse...

O Flamengo é tão campeão brasileiro em 1987 quanto o Fluminense em 1970. Tanto quanto Palmeiras e Santos são octacampeões brasileiros. Ou seja: só existe na cabeça de seus próprios torcedores. São devaneios e ilusões de um país onde o futebol é comandado por uma corja que nada entende de bola. Oras, se a própria CBF, que é propriedade Ricardo Terra Teixeira (que se diz flamenguista), diz que o campeão brasileiro de 1987 é o Sport, como corroborar essa suposta conquista dos rubro-negros da Gávea?

Leonardo Pedrosa disse...

Flamenguista reclamar da CBF?

Na moral, que hipocrisia.

Não lembro de nenhum flamenguista reclamar quando a CBF, em 2007, adiou oitocentos jogos quando o time tava uma merda, possibilitando depois uma sequência de jogos em casa com um time melhor...

Não lembro de nenhum flamenguista reclamar quando a CBF, no fim de 2008, emprestou dinheiro pro clube pra que os medalhões não entrassem na justiçã e pudessem sair do clube de graça (o que aconteceu, no mesmo ano, com outros clubes).

Isso é muita hipocrisia. "Flamengo contra tudo e contra todos??"

A sinopse pra briga entre Fla e CBF é assim: dois velhos companheiros da bandidagem se desentendem e agora haverá o confronto final.
É que nem Western Spaghetti, até o figurante é bandido.

daniel . disse...

mengão octacampeão
...se tem time q ganha taça referente a copa do brasil e vale campeonato brasileiro
...se tem time q ganha 4 jogos e é campeão brasileiro
...se tem time q ganha 2 campeonatos brasileiros no msm ano
...entaum meu mengão é 9 vezes campeão

Kristian disse...

Coisa de time pequeno msm inventar titulos, Flamengo eh penta, viva com isso!!!

Related Posts with Thumbnails