terça-feira, 17 de agosto de 2010

TRUE BLOOD: HONRANDO SUA ESPINHA DORSAL

(Com SPOILERS!)

Falem o que falar das séries, mas é preciso, antes de sentar o malho, entender suas respectivas cartas de intenções. True Blood, por exemplo, desde o começo mostrou quais seriam suas bases: sexo, violência, trash. Nelas, o seriado se apóia pra desenvolver suas tramas. Certo?

Tem gente chiando sobre a trama da terceira temporada - o jogo de poder dentro do clã vampiresco, explicando um pouco mais da ordem interna deles e evidenciando que a harmonia não reina tão fluida do lado de lá. Até então, eu estava curtindo - não como a primeira temporada, mas curtindo. Mas aí quando Alan Ball chega com uma cena dessas como gancho pra reta final, não dá pra duvidar de que tudo só melhore:





Simplesmente a cena da temporada, ao lado da breve imitação de Bill feita por Sookie. Sem mais.

7 comentários:

Kaká disse...

"Now, time for the weather. Tiffany?" Genial! O Rei Russell veio para abalar, 3000 anos só pode ser macaca velha. Só faltam 3 episódios. :)

E o Alan Ball já misturou e mudou as tramas dos livros, já puxou coisa que está lá no 8º livro.

Tamba disse...

Esse vampiro rei é O cara. Cena espetacular. Abs!

Anônimo disse...

Ei, CA, já viu a capa da Rolling Stone?

Diego Ivan disse...

E o Eddington falando com os restos do Talbot dentro de um jarro. rsrsr As loucuras de True Blood só melhoram.

Marcio Melo disse...

Acabei de assistir, sensacional hahahhaa. PQP!

Jeff Era_Haz disse...

Sem palavras... True Blood simplesmente se destaca como uma das, senão a, série mais original e chocante desta temporada. Sinceramente, não sei como algumas pessoas podem reclamar dessa temporada, porque essa trama, explorando a política de relações vampiro/humanas é a melhor já apresentada até agora. Os personagens secundários foram bem explorados a temporada toda e, agora que estamos chegando no derradeiro momento, parece que todos terão papel fundamental no desfecho por vir.
Agora, algumas observações:
1. O Sam fez a maior merda atacando o pai da Crystal e acho q consequências graves virão;
2. A história de True Blood nos ensina que, os muito bonzinhos, geralmente se revelam os vilões de amanhã (taí Maryan e Renee que não me deixam mentir), então, a tal Holly, Jesus e, principalmente, Crystal estão no meu desconfiômetro;
3. Por fim, Andy Bellefleur e o V... O que surgirá disso?
Abração CA...

Jeff Era_Haz disse...

E de novo, se fosse pra destacar uma personagem boazinha que não passa na gargante, diria que a tal Summer, cheia de bonecas e quitutes...
Curioso até que, estando na Louisiana, a questão do Vudu não tenha sido ainda explorada na série, o que me faz crer que aquelas bonecas e toda aquela estampa de flor, ainda serão explicados como elementos de alguma manifestação do mal (sim, eu odeio estampa de flors)...

É isso, vamos ver se eu viajei...

Related Posts with Thumbnails