quarta-feira, 9 de abril de 2008

Quando para trás e para os lados significa para a frente



Hoje estava ouvindo a rádio-que-ouço-todo-santo-dia quando rolou uma música dos Bees. Na hora foi o lembrete que precisava para escrever um post-it mental: "Falar dos Bees no Rodando". Então, vamos lá...

Na verdade, o que há de mais legal a se falar é que a banda britânica (que se chama A Band of Bees nos EUA, porque lá já tinha um outro The Bees) faz um rock retrô com um pé nas bandas antigas de rock da terra da rainha - entenda-se Kinks, Stones e congêneres - e outro na velha e boa soul music.

E como não bastasse tais inspirações nas canções, o mais bacana é que, ao ouvir a música dos caras, parece mesmo que você está escutando algo antigo. Essa sonoridade está presente no álbum deles que me conquistou, o "Sunshine Hit Me", e, pelo que já pude ouvir fora deste disco, a onda continua a mesma. E detalhe: os caras surgiram fazendo isso antes da conterrânea Amy Winehouse pegar o mesmo caminho e ganhar fama e fortuna com isso.

Para arrebanhar vocês para o séquito de admiradores dos Bees, tenho certeza, basto sugerir a audição de Chicken Payback. Querem ver? Então, caprichem no play:





Pronto: agora, façam um favor a vocês mesmos e corram atrás de "Sunshine Hit Me" para comprovar que o disco todo mantém o nível.


Outra descoberta minha por conta da Woxy foi o MGMT. E, de cara, o duo de Ben Goldwasser e Andrew Van Wyngarden me soou como um elo perdido daqueles dos bons entre o eletrônico e o rock, sem que isso possa soar com pinta de falcatrua, por favor. São sintetizadores com temas carregados de um certo potencial grandiloqüente, guitarras oportunas, melodias legais e um casamento de vozes que de cara me remeteu a Wayne Coyne, o entusiasmado líder dos ótimos Flaming Lips.

Fuxicando um pouco mais na rede, achei o site deles no MySpace, página divertidamente ensandecida, com aquele visual colagem-feita-por-criança-chapada, uma tendência entre novas bandas e artistas, sobretudo os que têm aquela pinta de que vão baixar no Tim Festival - daqui a pouco falo disso, inclusive - e uns vídeos com os caras tocando como se estivessem saindo de fossem de uma academia dos anos 80 ou do setor de figurino de uma companhia tosca de teatro.

E lá fui eu atrás do disco dos caras, lógico. É deste ano e se chama "Oracular Spetacular". A música que ouvi na rádio foi "Kids", mas foi a triunfal "Time to Pretend", a faixa que abre o disco, que me ganhou de vez.

Para os que amam brincar de pescaria de referências, o som do MGMT é mesmo um achado. Alan Parsons Project ("Time to Pretend"), Kraftwerk, The Go!Team e Beck ("Electric Feel"), Polyphonic Spree, Of Montreal, Supergrass fase "Road to Rouen" ("Of Moons, Birds and Monsters"), T-Rex, Mick Jagger nos 60s (a voz de "The Youth"), além dos já citados Bowie e Flaming Lips - estes então, despejados em altas doses ao longo do álbum... Olha, é coisa para cacete a influenciar Goldwasser e Van Wyngarden. Eu achei outras influências ainda, vocês vão achar mais ainda...

Brincando de profeta, acho que esses caras desde já são candidatíssimos ao Tim Festival 2008; e, caso se confirmem, eles podem contar com a minha presença. Acho que poderão ter a de vocês também, que merecem ouvir "Time to Pretend" em clipe e ao vivo no David Letterman. Ponham suas roupas de astronautas e flutuem:








Melhor ainda é saber que o disco todo tem esse ar de novidade, de não nos deixar saber o que se vai experimentar a seguir, restando apenas a certeza de que será algo bom. Enfim, "Oracular Spetacular" tem a pompa e circunstância de um disco de gente que se mete a fazer algo novo e bom e consegue. Sem fingimentos.

3 comentários:

Petter disse...

Cara The Bees é demais, eu já conheçia a banda mais pouca coisa só por fuçar na net mesmo, mais é bacana o som deles mesmo, e o clipe de chicken payback é demais, principalmente a cara de idiota que o japinha faz dançando naquela máquina de dança, HAHA demais.
Bom saber que carlos alexandre monteiro não nos abandonará, fico feliz
Leio o Lost in Lost á muuuuuuuuito tempo.
Ab'çs Carlão

Ana disse...

demais os bees, CA! e qto ao mgmt, já tinha ouvido falar (lucio ribeiro falou mto deles), mas nao tenho mais ouvido conselhos musicais do lucio. agora que vc recomendou, vou baixar.

zeh disse...

woxy é otimo!
valeu a dica, c.a.

Related Posts with Thumbnails