segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

O BLUR E OS TOP5 SHOWS QUE ME ARREPENDO DE TER PERDIDO...



Valeu a torcida: o Blur resolveu voltar. Tudo bem que é para apenas um show, mas basta o público fazer seu papel direitinho no dia 3 de julho de 2009 no Hyde Park para eles pensarem em turnê mundial - e, quem sabe, com perna brasileira.

Eu tenho uma história mal-resolvida com o Blur. Da primeira e única vez em que tocaram no Rio eu perdi 70% do show. Ou melhor: vi apenas umas cinco, seis músicas - o que bastou para querer mais, e para me arrepender amargamente de não ter chegado a tempo.

Por outro lado, não me arrependo nem um pouco de perder Madonna. A vi em 1993, foi legal, mas me bastou. Acho que, se eu ganhasse convite, venderia - e a chuva que desabou no Rio ontem só me fez ficar mais feliz por minha decisão...

Mas vamos falar de arrependimentos. Aproveito o ensejo para mais uma listinha, com cinco shows que me dão um pescotapa moral só de lembrar que os perdi, seja lá por que motivos. Não é o caso do show do Blur, já que vi parte dele; mas não importa, já que não faltam outros bons exemplos...


1º) DAVID BOWIE NO METROPOLITAN - Não posso dizer que não gostava dele em 1997, mas não era realmente um fã. Bowie veio, tocou e, anos depois, eu me frustrava ao lembrar que poderia ter visto o cara a poucos quilômetros de minha casa. Mole total.

2º) THE POLICE NO MARACANÃ - Preguiça? Pouca grana? Ou uma combinação dos dois? Não importa: o negócio é que eu joguei fora a única chance de ver o maior power trio da história do rock in loco.

3º) WEEZER NO CURITIBA POP FESTIVAL - Hoje em dia eu não dou mais bola pra banda do Rivers Cuomo, pois acho que nem é mais essa Coca-Cola toda. Mas os dois primeiros discos do grupo são ótimos, e o terceiro é bem legal - e eles foram a base do setlist do show em Curitiba. E eu não estava lá...

4º) SMASHING PUMPKINS NO HOLLYWOOD ROCK - Perdido em um encontro de estudantes de Comunicação em 1996, deixei de ver Billy Corgan e companhia no auge. Poucos anos depois, os Pumpkins voltaram a tocar no Rio, na turnê do "Adore". Foi bom, mas a vibe do show era completamente diferente da que rolou na Praça da Apoteose. Tsc...

5º) BJÖRK NO TIM FESTIVAL 2007 - Uma colega de trabalho havia ficado de trocar de horário comigo para que eu pudesse ir ao show, cujo ingresso estava em minhas mãos, devidamente comprado. Na hora h, ela deu pra trás - e lá fui eu, voando da Barra à Marina da Glória, contando com um atrasinho carioca da islandesa. Que nada: melancolicamente eu cheguei na penúltima música do bis, a tempo apenas de ver as pessoas na platéia enlouquecidas.

* * *

Quem quiser desabafar sobre shows perdidos nos comentários que não se faça de rogado(a)!

10 comentários:

Kaká disse...

Eu fui no Police. Adorei. :)

Eu me arrependo de não ter ido no U2 dessa última vez que eles estiveram aqui. Não consegui comprar ingresso.

Outro foi um show da Amy Winehouse em Londres no Camden Crawl em 2007 que eu passei porque achei que ela não ia cantar um show inteiro. Depois fiquei sabendo que ela aguentou 8 músicas.

E o Queen no Rock in Rio 1, minha mãe foi mas eu tinha que escolher entre eles ou o dia do AC/DC e eu estava numa fase metaleira.

Deniac disse...

Faltou Pixies, mas tudo bem, hehehehe

craniosqueimando disse...

Bom, esse do Weezer eu me arrependo cada vez que escuto alguma música do Pinkerton. Na real eu me arrependo de ter gostado de tanta coisa hj em dia, quando não posso ver mais uns tantos shows bons que passaram por aqui.

hehe.

Abraços Carlos!

Carlos Alexandre Monteiro disse...

Kaká, Queen deve ter arrebentado. Meu irmão mais velho estava lá! E podia mesmo ter ido ver a Amy...

Deniac, eu não pus os Pixies porque EU VI os Pixies! Eles tocaram no ano seguinte ao Weezer ;)

Cranios, acontece com todo mundo. O lance é torcer pra que o pessoal volte mesmo...

abraços!

Rach disse...

Placebo, duas vezes.
Paul McCartney no Maracanã há uns 200 anos (eu devia ter perturbado a minha mãe até ela concordar em me levar).
REM, duas vezes. Aliás, não fui a nenhum dia do Rock in Rio 3, :/
David Bowie, po.

E mais recentemente eu me arrependi de não ter ido ao Muse e ao Killers por puro amor ao dinheiro. Mas em menor escala, é claro.

Rach disse...

Ah, eu também perdi esse do Blur. E do Oasis.

Chega né? :)

Carlos Alexandre Monteiro disse...

Cacete, Rach... Paul McCartney!
Tinha esquecido completamente!

Acho que vou dar uma atualizada na listinha...

beijos!

guilherme mattoso disse...

Sem ordem de preferência:

1) Killers no Tim (não sei o que deu em mim!);
2) Arctic Monkeys no Tim (implicava com eles, mas hj me amarro...);
3) Legião no Metropolitan (tive o ingresso na mão, mas não curtia Legião na época);
4) Nirvana no Hollywood Rock;
5) New Kids no Rock in Rio 2 (é sério...)

Gabriela Spinola disse...

Acho que The Police, Weezer e Smashing Pumpkins você não deveria ter perdido por nada neste mundo. Sério. Talvez só pela falta de grana, claro, mal que também me acomete.

Eu me arrependo de não ter dado um jeito de convencer o meu padrinho a ir ver o The Police no Maracanã. Ele é fãzaço deles e, se eu o tivesse convencido, talvez eu teria ido junto. E também deveria ter irritado o meu pai até ele me deixar ir ver os Black Eyed Peas em Curitiba em outubro do ano passado. Aliás, acho que deveria ter insistido pros meus pais a me deixarem ir ver a Madonna... Buá.

Ramon Mineiro disse...

1)QUEEN + PAUL RODGERS - HÁ MENOS DE UM MÊS
1)SCORPIONS
3)THE POLICE
4)U2
5) LED ZEPPELIN - EU SEI QUE ELES NÃO VIERAM PRO BRASIL, MAS POXA, EU IRIA ATÉ A INGLATERRA PARA VER UM SHOW DELES (SE EU ESTIVESSE VIVO NA ÉPOCA)

TÉ MAIS C.A! DÁ UMA PASSADA NO MEU BROG DE VEZ EM QUANDO...
ABRAÇO!

Related Posts with Thumbnails