quarta-feira, 3 de junho de 2009

CLIPES LITERAIS: SACANEANDO O NONSENSE DOS VÍDEOS MUSICAIS

Quantas e quantas vezes ao assistir a um clipe você já se pegou pensando: "Mas que diabos eles querem dizer com isso?". Isso porque os vídeos musicais são o território perfeito para muitos cineastas desenvolverem toda sorte de nonsense em imagens, fotografia, figurino... Em algumas vezes, sim, há um propósito, e podemos até chamar de arte. Mas em muitas outras...

Bom, se você sempre quis tirar um sarro de todos aqueles simbolismos gráficos e dramáticos presentes nos vídeos - e por serem mesmo em sua maioria obra de intelectualóides, merecem toda sorte de sacanagem - mas não sabia como, precisa conhecer os clipes literais. São versões dos clipes com as letras das músicas adulteradas, narrando o que acontece na tela. Ou seja: em vez de a imagem seguir a letra - conceito original desse tipo de vídeo - o que acontece é o inverso.


Via Popped Culture conheci meu primeiro vídeo literal nesta madrugada. É o de Bonnie Tyler, cantando "Total Eclipse Of The Heart", clássico dos anos 80 - década do boom dos clipes e, por isso mesmo, a era em que os vídeos musicais atingiram o auge de cabecice, com uma profusão de associações imagem-música-letras que não diziam lé com cré. Datada de maio deste ano, a paródia é genial:





Insatisfeito com a dose de diversão que acabara de tomar, lá fui eu catar no YouTube mais amostras, e encontrei várias - muitas feitas em cima de clássicos e razoavelmente recentes, o que me levou a crer que a onda dos vídeos literais é mesmo coisa nova. Dentre os achados, a versão literal de "Losing My Religion", do R.E.M....





De "Under The Bridge", dos Red Hot Chili Peppers...





...e de diversas outras. Indo mais a fundo, soube que o primeiro cara a fazer isso foi um tal Dustin McLean, também conhecido como Dustball, mente que rege a Dustfilms. O piloto que deu origem à série? "Take on Me", do A-Ha:





A essa altura, só posso recomendar a você que procure por "literal version" no YouTube. Fazendo isso, vai achar uma porrada de outros clipes - de Beatles a Radiohead, de N'Sync a James Blunt, são diversas vítmas pra todos os gostos. Aproveite, e não esqueça de brindar a Dustin McLean - mais do que um cara com uma sacada genial, em boa parte das vezes um vingador de todos nós.

3 comentários:

Juliana Teixeira disse...

Chorando de rir da versão de Head Over Heels do Tears For Fears.

CA, isso não se faz. Eu devia estra estudando e agora tô rachando o bico no YouTube por sua causa, hehehehehehehehehehe. Sensacional!!!!

Alan Ongaro disse...

CA, o que dizer desse post??

Tu me viciou nessa bagaça!!! e por isso serei eternamente grato.

O que foi essa versão de Under the bridge?? hahahahaha

Mileto disse...

Under the Bridge e Take on me são os melhores!!

Related Posts with Thumbnails