sexta-feira, 12 de junho de 2009

LISTA: CINCO CASAIS BIZARROS DA FICÇÃO

Chegou o 12 de junho, o nosso Dia dos Namorados - "nosso" porque nos outros países a data (14/02) e o nome (Valentine's Day) da efeméride são diferentes. Mas voltando ao que importa, ao pensar em fazer uma lista sobre o tema, quis fugir a todo custo dos casais feitos um para o outro. Foi quando resolvi pensar no oposto...

Abaixo, reuni cinco casais que não têm nada a ver um com o outro ou cuja afinidade entre os dois é bastante esquisita. Divirtam-se e boas comemorações para todos:


1º) CACO E MISS PIGGY - Ele é um sapo, e ela, uma porca. Um sapo, uma porca. Pensem só.

Não sei se a intenção de Jim Henson, o pai dos Muppets, ao unir um anfíbio e uma mamífera, era a de ensinar um pouco para as crianças sobre a convivência harmoniosa entre diferentes, mas de qualquer forma a mensagem está ali... até que se tenha idade para pensar em sexo.


2º) CHUCKY E TIFFANY - Para uma geração que cresceu ouvindo lendas e mitos sobre o boneco do Fofão, Chucky não passava de uma obviedade inofensiva. Mas tudo se tornou realmente bizarro quando Tiffany entrou em sua vida, no filme "A Noiva de Chucky" ("Bride of Chucky"), quarto filme da franquia "Brinquedo Assassino". Não satisfeitos com o casal, os criadores da série de filmes de terrir ainda puseram os dois para procriar!



3º) DEXTER E RITA - Se formos considerar o momento atual de "Dexter", a presença do casal nesta lista não se justifica; mas se pensarmos no início da série, tudo faz sentido: no começo da primeira temporada, Rita ainda era a sexualmente traumatizada ex-esposa de um abusivo viciado - e tais características fizeram dela o par perfeito do serial killer Dexter, nas próprias palavras dele. Para Dex, Rita era um jeito de dar satisfação à sociedade sobre sua adequação ao mesmo tempo em que, com ela, não precisava se dedicar a níveis de afeição inatingíveis para um psicopata. Ok...


4º) MICKEY E MALLORY KNOX - Melhor do que Dexter fez outro psicopata, Mickey Knox: o personagem de Woody Harrelson no cult movie "Assassinos Por Natureza" ("Natural Born Killers") arranjou a versão feminina dele. Mallory (Juliette Lewis) era igualmente transtornada, e curtia uma matança. Declarações e demonstrações de amor eterno entre um cadáver e outro. Tinha que ser mesmo a história adaptada de um roteiro de Quentin Tarantino...


5º) BILL COMPTON E SOOKIE STACKHOUSE - O romance dos dois em "True Blood" faz muita gente esquecer do quão esquisita a situação é: ele é um vampiro tentando se enturmar com os humanos e ela é uma garçonete que tem o dom/maldição de ler os pensamentos dos outros, mesmo quando não quer. E essa habilidade é uma das coisas que a fascinaram a respeito dele, pois a mente de Bill é bloqueada para ela - um alívio.

Quando o romance engrenou, aí é que as estranhezas melhoraram: Sookie procura compensar o apetite sanguíneo de Bill durante o sexo com cápsulas de Complexo B e ainda tenta se adaptar ao fato de que jamais poderá fazer um café da manhã para o amado, pois nesta hora ele sempre estará descansando num caixão. Filhos, então, nem pensar, já que não pode surgir vida de alguém que não está vivo. O que uma pacata garçonete da Louisiana não faz por amor...

3 comentários:

helder disse...

Carlão...li numa legenda da fto com a escritora do livro de True blood,(Charlaine Harris),q ela vai aparecer na série...no season finale da 2ª...então...lá tbm tava escrito q a 1ª temporada foi baseada no segunda livro...(Deve ser por isso q algumas coisas são diferentes(como por exemplo a Tara nunca aparecer..)

Abraço...

Mal posso esperar até Domingo...

zeh disse...

MICKEY AND MALLORY KNOX!
melhor filme de todos os tempos

Cecilia disse...

Caco e Miss Piggy! hahaahahaha! Bizarro ao extremo!

Related Posts with Thumbnails