quinta-feira, 30 de julho de 2009

"TRUE BLOOD", EPISÓDIOS 5 E 6 DA SEGUNDA TEMPORADA: SE É PRA ESQUENTAR, ENTÃO...

Atrasado por conta da Comic-Con, nesta madrugada assisti a "Never Let Me Go" e "Hard-Heartened Hannah", os dois episódios mais recentes do segundo ano de "True Blood". E não ia privá-los dos meus comentários, claro... Em tópicos, começando com o quinto:


- Daphne. Ou devemos chamá-la de Bambi? Prefiro cervo em pele de porco...

- Barry e Sookie, Daphne e Sam. Um episódio sobre união de iguais. Tá bom, Sarah e Jason também.

- Por sinal, Barry parece uma versão mais nova de Matthew Broderick.

- Maryann, Eggs e Karl são família. Sei. Addams. E saqueadores.



- Primeiro casal cool da série: Hoyt e Jessica. Segundo: Terry e Arlene. Definitivamente, a ruiva tem queda por homens de parafuso solto.

- Ao conquistar Jessica, Hoyt mal sabe que está vingando uns milhões de nerds ao redor do mundo.

- Não é por nada não, mas os uniformes e roupas do Light of Day Institute são feios pra cacete.





- Falando em roupa, a que Lafayette usou para seu retorno ao Merlotte`s foi engraçadíssima, contrastando com seu novo estilo low profile. Não combina com ele - digo, o low profile.

- Maryann, a disseminadora da discórdia. E bem legal a cena da quizumba no Merlotte`s.

- Sarah Newlin, a...erm... bem, vocês sabem.

- Eric, viking! E Godric como um Mogli da Transilvânia.

- Sookie, infiltrada na Fellowship of the Sun? Hmmm...

- "Nice rack/nice balls", frases trocadas por Daphne e Sam. Ah, a classe sulista de Bon Temps...

- Sem fugir do assunto, Sookie anda mesmo querendo tirar o atraso de tantos e tantos anos, né?





- A cena final do episódio #5 me fez pensar: "Putz, Luciana Gimenez virou vampira agora?"


Depois, veio o sexto episódio, "Hard-Heartened Hannah". E sobre ele, eu digo:


- Muito boa a prostituta-de-pescoço canastrona que Eric arrumou...

- Então a Gimenez é a criadora do Bill? Nem reconheci de imediato...

- Falando nele, Bill mostrando seu talento ao piano arrebentou!

- "They should be great for the job you`ve been given". Handjob, sacaram? Melhor trocadilho do episódio, saído da boca de Sarah Newlin, acertando a mão no jogo de palavras. Oops, esse foi outro.

- Muito interessante a bola levantada por Hugo na conversa com Sookie sobre a suposta necessidade de se tornar vampiro para a pessoa amada. Mais tarde, tal possibilidade será mencionada na série.

- Que diabos, Lafayette? E muito bom o esporro do Terry no Andy Bellefleur e, em seguida, sua terapia de fundo de quintal com o mais novo perturbado de Bon Temps;

- Maxine, a mãe de Hoyt, me lembra a mãe de Howard, de "The Big Bang Theory";

- Boa a referência cruzada, na comparação de Sarah Newlin com um pudim de banana feita por Sookie - ou vocês não lembram de que Sarah fez um pudim de banana para Jason?

- Bill Compton, seu passado te condena!

- Eggs sofre de amnésia. E será que ele não sabe nada mesmo de Mayann?





- É isso mesmo? As orgias de Maryann são ao som de samba de quinta, com participação até de...berimbau?!? Hummm. Tosco.

- Daphne, o porco de Maryann. E assim, Sam se ferra novamente... Andy Bellefleur, faça alguma coisa! Se consagra!

- Sookie e Hugo na roubada. Como Steve Newlin sabia? Espiões infiltrados? Barry? Hummm...





- Vampira Jessica de lingerie. De bobo, Alan Ball não tem nada.

- Sarah Newlin, traíra? Começo a simpatizar com ela. E Steve Newlin merece chifres do tamanho dos da máscara de Maryann.

- E agora, Sookie? E agora, Sam? E agora, Bill? Que fim de episódio! Aliás, que episódio!

***

Vamos lá, sem timidez: comentem também!

11 comentários:

Carol* disse...

Acabei de assistir o 6!! Acho q é o melhor episódeo dessa temp!!
Adorei tudo!! mas confesso q agora to um pouco confusa.... hauhauhau
Beijo

Bruno disse...

Para mim esse foi o melhor episódio da SÉRIEEEEE.

Pedro Lucas disse...

o 5 foi o pior da série até agora... mas o 6 compensou!

Ian Strano disse...

também não tinha me ligado na luciana gimenez não...
tanto que no final do 5º eu pensei 'pq eles tão dando tanto destaque pra essa mulher?'
mas o fim do 6º took my breath away!!
deixou aquele gostinho de quero mais - E QUERO AGORA!

Murilo disse...

6º foi o melhor dessa temporada até agora...
Hoyt liberte os nerds do mundo, my hero!
Sarah mais bitch que nunca...
Tem um detalhe sobre essa relação religiosa, Allan Ball é mto bom nisso ele encarna perfeitamente como são essas igrejas, com frases tocantes e sorrisos bondosos.

Marcio Melo disse...

No início eu temi quando começou a surgir muitos outras coisas na série além de Vampiros, mas o fato é que está ficando muito bom mesmo.

Gostei dos episódios também, só tenho uma coisa a confessar: Odeio Tara Mae, personsagem nojentíssima

­alexandre telefone disse...

Luciana Gimenez huahauahauahauaahau ri alto, pessoas me olham

Lucas Rodrigues disse...

Muito bom os comentários, principalmente as comparações! =D
Vlw!

zeh disse...

LUCIANA GIMENEZ! AHAHAHAHAH
tbm nao identifiquei de imediato a maker do Bill.

6o capitulo, o melhor da temporada com ctza.
To curtindo paaaacas a maryann. Mto sinistra.

Isabel disse...

Hoyt pode ter vingado milhões de nerds mundo afora, mas Jessica frustrou milhões de garotas nerds também...
Adoráveis rapazes nerds só sonham com belíssimas vampiras ruivas ou coisa do tipo. Triste.

Ah, super medo de Maryann!

lucianalencar disse...

Muito medo desse episódio! Aquele lugar estranhíssimo onde Tara e Eggs foram parar me pareceu ser um local onde antes aconteceu outro sacrifício, não? Que é o que parece que vai acontecer com Sam (claro, que alguém precisa salvar o Sam)... O transe de olho preto, é muito, muito sinistro. Enfim, TrueBlood, é a série mais divertida do momento. Nem estou lembrando de Lost. E sua garrafinha de TruBlood? Tomou? Beijos.

Related Posts with Thumbnails