quinta-feira, 2 de julho de 2009

"TRUE BLOOD", SEGUNDA TEMPORADA, EPISÓDIO 3: SEXO, VIOLÊNCIA E SALVAÇÃO

Terceiro episódio da segunda temporada de "True Blood" e a série só melhora. Em "Scratches", o equilíbrio entre humor, suspense e o inusitado segue afinadinho... E eu comento tudo nos tópicos abaixo. Então, para quem não viu o episódio, é hora de salvar essa url pra ler depois; mas quem viu, repito o convite para me acompanhar:

- A-ha! Eu acertei que Bill iria hipnotizar a família de Jessica para livrá-los da descoberta sobre a ruiva... Mas em compensação errei ao apostar na transformação de Lafayette em vampiro. Empate justo.

- E Sookie Stackhouse em momento "Thriller", hein? Andando sozinha na estrada escura e deserta - que coragem! - e encarando um ser medonho, que num primeiro momento me pareceu o demônio do filme "A Lenda". Definitivamente, Sam Merlotte estava certo ao dizer na primeira temporada que há muito mais criaturas macabras no mundo além de vampiros e shapeshifters...





- Destaque para a atuação de Anna Paquin na cena da consulta com a médica anã - especialmente na sequência em que a doutora (literalmente) mexe na ferida. E que personagem é a doutora! Mais uma para a galeria de figuras simpaticamente exóticas de "True Blood". Que volte sempre!

- Jason Stackhouse é um homem em dúvida - e posso não estar falando só do "gostar ou não de vampiros?". A incerteza chegou a me ocorrer no momento em que ele e Sarah rezam juntinhos. E se o velho Jason atacaria a loirinha ali mesmo, o novo deve estar reprimindo seus instintos mais primitivos...





- Antes da oração a dois, do cacete a sinceridade arrasadora dele ao falar bem de vampiros na rodinha da turma do Light of The Day Institute e, tendo em vista a sua burrice, ótima rebatida ao pontuar que os humanos também não sabem prestar.





- Dos carolas para os calientes: que festinha, a de Maryann, hein? E onde foi parar o porco de estimação, que sumiu diante dos olhos de Andy Bellefleur? E quando o detetive vai aparecer de olhão preto?

- Eggs, o pegador, ainda há de conhecer a ira de Tara - que, por sua vez, enfim começou a desconfiar de todo aquele mundinho de facilidades que lhe é provido por Maryann. Demorou pra caceta, hein?

- Poucas personagens de série têm mais cara de burra do que Ginger, a estúpida funcionária do Fangtasia.

- Fato: para encarar Eric, Sookie é mais macha do que Bill. E para dar a eles US$10.000, Lafayette e despesas pagas, é porque Eric deve também ter um pouco de bondade... seja lá em que mecha de cabelo pintado ela resida.

- Voltando ao melhor personagem da série: teremos então um novo Lafa? Será que ele encaretará mesmo depois de sua promessa? Nunca, lógico. E por que ele não aceitou o sangue de Bill? Deveria. E muito astuto o pedido para que Bill fingisse que teria deletado a mente dele...

- Haveria mais do que uma imensa covardia de Sam em sua decisão de dar um tempo fora de Bon Temps? Pode ser. Mas ele pode também ter outras razões e motivações para essa escapulida...

- Fugindo mas sem escapar totalmente do assunto: para o quarto episódio, tudo se encaminha para termos Lafayette e Terry como uma promissora duplinha no comando do Merlotte's!





- Outro ponto altíssimo de "Scratches" foi a formação do casal mais simpático já visto em Bon Temps: Hoyt Fortenberry e Jessica! Eis aí um par romântico feito para os fãs de "The Office" que torcem por Jim e Pam e acompanham a série vampiresca. Teve o approach no Merlotte's, a pedida tímida de "True Blood" no bar, o constrangimento pelo surgimento dos caninos dela e, finalmente, a certeza de que ela será aceita por Hoyt. Faço votos, e os dois vão longe.

- E alguém reparou no jabá do Wii voltando à tona? Nintendo fazendo o seu trabalho...

- Pra encerrar, Sam Merlotte e Daphne, esforçada, lentinha... e rastreável pelo que for o nosso (novo) vilão monstruoso. Quero só ver o que Sam vai fazer ao perceber o machucado em forma de garra nas costas dela... e ainda acho que esses serão casal. Isso se ele não a afogar...

LENDO "TRUE BLOOD" - O PROJETO

Agora que vi o episódio 3, vou retomar a leitura do segundo livro da coleção de Charlaine Harris - quinta-feira à noite tá aí pra isso -, mas aproveito para fazer duas observações sobre "Living Dead in Dallas" e o que temos visto em "True Blood":

- Ao ler o livro, de cara descobrimos que ser era aquele que abordou Sookie - e, inclusive, ela e aquilo lá se falam. E mais não vou dizer por agora;

- A médica anã descrita no livro tem toda a personalidade da vista na novela. Excelente!

***

Querendo comentar, o poder é de vocês!

8 comentários:

André Cohen disse...

Sem duvida True Blood ja esta no meu TOP3:Lost,True Blood e Grey's Anatomy...esse 3º episódio foi muito bom e também um doa mais bizarros,aquela cena do medica tratando a Sookie foi bem nojenta!E achei bem legal a cena de Jessica e Hoyt e como vc mesmo ja disse "a formação do casal mais simpático já visto em Bon Temps".
Quero muito ler os livros da série...

Gi disse...

Excelente review!!
A Ginger é impagável mesmo, maior cara de tansa ever.
E o casal Jessica/Hoyt tá mto fofo.
Só não entendi uma coisa. Vc disse que o Lafa não aceitou o sangue de Bill, mas ele ou a Sookie chegaram a oferecer?? Tinha entendido que na cena do carro a Sook perguntou se não queria que o Bill o carregasse pra dentro de casa e não que tinham oferecido o sangue... Vou assistir de novo!!
ah! já viu que no site da série na hbo.com tem vários videos escondidos na bio de cada personagem? Vale conferir!

zeh disse...

Seriado FANTASTICO! Essa segunda temporada ta apavorando com a primeira, eu acho. To sentindo falta da furia de Tara...ela era tao 'bitch' e agora ta santinha, tem que voltar logo! Tbm curti o casal Hoyt e e Jessica..vamos ver se a menina se aquieta agora...e quanto a nintendo em true blood, ja teve outro capitulo que mostra o bill jogando golf ou tennis, e um vampiro do cla do eric, pergunta o score dele no jogo haha. Lembro que foi bem mais q meus meros 730 no tenis.

abraço ca, continue com as resenhas.

Marcelo Luiz Lombi disse...

True Blood tá virando SMALVILLE meus amigos! kkk

Cidadezinha, pessoal caipira, relação amorosa entre a bela e a fera, seres especiais cada hora aparece um, agora já temos : vampiro, homem que vira cachorro, mulher tremedeira, dragão chifrudo, etc, é um verdadeiro circo a cidade...

Igual Smallville, todo episódio aparece alguém com um poder, pra nunca acabar os assuntos da série

Tá ficando tosco, e eu adorei a primeira temporada, mas que tá ficando igual SmallVille tá!


Quais outras semelhanças que vêem entre as duas séries?

Alessandra disse...

C.A.,

Aquele ser no mato que atacou a Sookie me lembrou tanto o Fauno do Lambirinto do Fauno...! Tá muito legal a série! Curti também o podecast com o pessoal do Dude...
Beijos

Adolfo1349 disse...

Só eu, descofiei que a tal da Daphne é o tal "minotauro"?, tem a teoria de que, um humano que é arranhado/atacado por um licantropo no seu estado transformado, o mesmo vira um dessa espécie, pode ser o mesmo com essa criatura ... tavez seja o caso da Daphne, com o arranhão da Sookie o "vírus" teria sido combatido pelo sangue do Bill.

Michelle disse...

é, ta cada vez melhor a série!
c.a., vc disse q não existe a tara nos livros da série, mas soube q ela aparece nesse segundo livro, q sookie irá conhecê-la (e eggs tb) na casa de maryann. bjs!

Julli disse...

Eu sempre desconfiei que Hoyt e Jessica fossem se descobrir, desde que ele falou que gostaria de encontrar uma boa vampira para namorar e que ela se mudou para a casa do Bil...

Related Posts with Thumbnails